Archive for the 'natal' Category

Feliz Natal!


natal_presepio_infantil_big Imagem fonte: aqui.

 

Chegou natal! E eu queria desejar a todos vocês uma noite maravilhosa, ao lado dos seus entes mais queridos. Muita luz, paz e sabedoria para enfrentar o ano que se aproxima!

Que saibamos dar mais valor à companhia que ao cardápio da ceia e que nos importemos mais com o estado de espírito dos nosso acompanhantes que com as roupas que estão vestindo.

Que nossos presentes sejam valiosos: nosso tempo, nossa paciência, nossa bondade e nosso amor… E que recebamos em troca tudo em dobro!

Que o verdadeiro espírito de natal – Deus se fazendo humano e escolhendo nascer pobre para nos provar que não há distinção entre castas, não para Ele -  esteja presente em nossos lares e nos ensine um pouco de humildade.

Que em nossa fartura não nos esqueçamos dos necessitados e que saibamos compartilhar nossos excedentes sem economia.

Que nesta noite gloriosa reservemos um momento para agradecer ao Pai Celestial por tudo, absolutamente tudo o que recebemos durante mais este ano que se encerra, pois até aquilo que nos parece amargo e doloroso contribui para nosso crescimento espiritual.

E que em 2013 possamos estar juntos novamente, trocando experiências, opiniões e dicas, com o mesmo entusiasmo de sempre, tornando nossos dias mais alegres, mais leves, mais cheios da graça do Espírito Santo.

Um excelente Natal e um Ano Novo repleto de realizações a você e toda sua família!

É tudo o que eu desejo,

Claudinha.

    posted by Feito a Mão in natal and have Comentários (22)

    Detalhes do café regional e a lembrancinha que eu preparei para a ocasião


    Como eu prometi no último post, darei maiores detalhes sobre a confraternização que fizemos no grupo de Pilates. 

    Escolhemos como tema um café regional. A maioria das meninas não bebia nada alcoólico, seja por causa da religião, seja porque estivesse de dieta ou porque fosse abstêmia por natureza. Então, dessa vez, as xícaras e bules funcionaram de verdade.

    café regionalNão fosse pelos 5 metros de chita, eu diria que não comprei nada para ornamentar a mesa e a varanda. Minha casa já tem muitos itens regionais, naturalmente. Tudo o que fiz, foi realocá-los de seu lugar de origem para  a mesa de jantar.

    As galinhas cangaceiras e as frutas de tecido migraram da cozinha para lá. Já a barca de cipó veio do centro da sala de estar.

    café regional3

    As estatuetas de ferro, deixaram a minha estante da sala, para posarem orgulhosas de ser nordestinas. O Guerreiro representado no chapéu do homem faz alusão expressa ao folclore alagoano.

    O vasinho com cacto veio da mesinha da varanda. A neguinha de vestido estampado veio do meu gabinete. A escultura de madeira da retirante grávida com um pote da cabeça veio do mezanino. E assim por diante. Saí catando todos os enfeites que pudessem ser aproveitados no tema da reunião.

    café regional2

    Como a varanda já era naturalmente decorada nesse estilo, foi lá que resolvi nos instalar. Principalmente por ser mais ventilado e agradável. Coisa imprescindível numa noite quente de verão. Para complementar, apenas uma passadeira de filé sobre o aparador da sala de jantar que foi transferido para lá, para acomodar as lembrancinhas.

    DSC01147

    A mesa antes das comidinhas chegarem

    DSC01155

    DSC01158

    E depois dos comes e bebes arrumados

    DSC01179

    Comes & bebes

    Para acompanhar o café, pão de queijo, pastéis de carne moída, bolos regionais (de banana, de rolo, de massa puba e de batata doce), atolado de macaxeira com carne de sol e caldo verde.  Para quem estava bebendo, tijolinhos de tapioca com queijo coalho e mel de engenho. E para sobremesa: cartola (banana assada com queijo coalho e mel de engenho) e sorvete de tapioca.  Tudo delicioso e muito regional.

    café regional - guloseimas

    As lembrancinhas

    Resolvemos também trocar lembrancinhas, que podiam ou não ser regionais.

    DSC01237 

    Três meninas se inspiraram no natal. A Polly levou bloquinhos de anotação com imagens de Papai Noel, a Marlete levou anjinhos de sabonete e a Alice levou um menino Jesus numa manjedoura. Já a Cida levou espelhinhos para colocar na bolsa e a Daíse levou pães de mel embrulhados num saquinho de chita. A Simone levou um jogo de raciocínio lógico, que me deixou louquinha, mas finalmente consegui tirar a bendita argola depois de meia hora de tentativas. Acho que as 6 taças de espumante que eu tomei devem ter adormecido pelos neurônios. hahaha

    A menção especial vai para a Andréia, que resolveu presentear-nos com o livro recém publicado por sua filha, Nicole Marques, de apenas 11 anos! Sem dúvida alguma, uma lembrancinha muito peculiar e especial. 

    A garota que queria escrever um livro está à venda, e quem se interessar pode contatar a Andréia Marques pelo facebook. Eu imagino o quanto ela deve estar contente com o resultado do livro, eu morreria de orgulho, em seu lugar!

    DSC01235

     

    Passo a passo da minha lembrancinha

          DSC01084 

    A lembrancinha que eu entreguei foi algo voltado ao Pilates. Resolvi fazer uma coletânea de todos os CDs de relaxamento e meditação que eu tinha em casa. O passo a passo está descrito logo abaixo.

    1. Convertendo CDs de música em MP3

    Converti as músicas para o formato MP3, usando o Windows Media Player. Fiz isso, usando este tutorial aqui. 

    2. Gravando um CD de dados

    Uma vez convertidas as músicas escolhidas, gravei-as num CD, utilizando o programa Nero Express, na opção gravar um CD de dados. Aqui tem um passo a passo de como fazer isso. Não vejo por que reproduzi-lo.

    3. Criando o envelope do CD

    Depois dos CDs gravados, desmontei um envelope de CD que eu tinha em casa, para usá-lo como molde. Risquei e cortei este molde sobre papéis de scrap de cores variadas. Cortei usando tesoura mesmo, já que eram apenas 8 unidades.

    Colei as abas laterais do envelope e pus o CD dentro.

    4. Fazendo as etiquetas dedicatórias

    Para finalizar a embalagem, cortei tags, usando um cortador manual para scrap. Escrevi uma pequena mensagem desejando paz e tranquilidade às minhas convidadas. Talvez porque fosse tudo do que mais eu estivesse precisando no momento.

    DSC01079

    A tag dizia:

    “Podemos encontrar a paz de várias maneiras. Meditar, relaxar, praticar o bem, não guardar rancor e cultivar amizades são apenas alguns exemplos. Que este CD possa lhe trazer um pouco de paz e tranquilidade.”

     

    DSC01087

    5. Cortando imagens na silhouette

    Na parte da frente da tag, eu resolvi colocar imagens de uma pessoa em posições de Pilates, já que tínhamos esse interesse em comum e a confraternização era do grupo de Pilates. 

    image

    Usei o mesmo arquivo que eu já tinha usado quando escrevi o post sobre os benefícios do pilates.

    pilates

    6. Convertendo um arquivo PNG em STUDIO, para utilizá-lo no software da silhouette

    Para cortar as imagens, usei minha silhouette. Mas antes foi preciso converter o arquivo original (PNG) para o formato STUDIO, compatível com a máquina.

    Foi graças a este magnífico e esclarecedor tutorial que eu consegui converter a imagem acima. Vocês não imaginam o quanto fiquei satisfeita com isso. É muito reconfortante e libertador saber que agora posso cortar tudo, absolutamente tudo o que eu desejar, sem depender de cartuchos ou arquivos pagos.  I love my silhouette!

    Eu sabia que era possível fazer isso, mas ainda não tinha tido tempo para pesquisar a respeito, nem muita paciência para aprender a fazer todo o procedimento. Certas coisas é melhor fazer de cabeça fria, sem pressa.

    7. Dicas de como reutilizar uma base de corte sem muitos gastos

    Outra dica muito boa para as silhouette maníacas é que é possível reciclar a base de corte em casa. Vocês já devem ter percebido como os acessórios da silhouette são caros, não? A base de corte é um deles. As meninas da Die Cut & Cia prepararam um post exclusivo sobre como reciclar a base de corte usando a cola Spray Mount.

    Eu demorei para encontrar essa cola. Só consegui pela internet. Mesmo assim, por um preço um tanto salgado, o que somado ao frete ficou mais salgado ainda. Só depois que eu já tinha comprado, foi que a Erika Menezes deu-me outra dica valiosa, que nos possibilita economizar ainda mais!

    Ela me ensinou que dá para usar a cola permanente Acrilex, que custa cerca de 2 reais o potinho. Você passa com o pincel, vai colocando uma folha pra tirar a cola. Coloca e puxa, coloca e puxa, daí ela fica pegajosa igual à cola original.

    Eu não digo que é conversando que a gente se entende? Quanto mais eu leio, mais vejo que nada sei sobre minha silhouette. Estou engatinhando ainda.

    8. Como fazer sua base de corte em casa

    Outra dica fabulosa que aprendi com a Erika é que dá para fabricar uma base de corte usando acetato de espessura aproximada à da base de corte original. Vejam só que belezura! Eu nunca imaginaria isso! Aqui em Maceió, já comprei acetato por metro na Felícia, mas imagino que em qualquer papelaria de vergonha é possível encontrar o produto.

    Bom, dicas da silhouette dadas. Sigamos adiante.

    9. Enfeitando o envelope do CD com fuxico e palhinha

    Cortadas as imagens das “pilateiras”, colei-as sobre as tags usando fita adesiva dupla face de espuma (mais conhecida como fita banana). Para arrematar, um pequeno fuxico feito com chita e um lacinho de palhinha que também foram colados com a mesma fita.

    DSC01075

    Estou pensando em fazer uma versão natalina deste CD, para presentear as professoras de aulas adicionais das meninas (natação, handebol, dança, música, inglês, relações interpessoais, coordenação, orientação, a motorista da perua escolar, sua assistente etc. etc. etc.). E tudo em dobro, porque eu tenho duas filhas! É tanta gente que só fazendo uma lembrancinha mais acessível para não deixar ninguém de fora. 

    Acho que dá para aproveitar até mesmo a chita que usei, já que seus tons lembram o natal. Nesse caso, faria os envelopes verdes ou vermelhos e cortaria imagens natalinas para as tags. Até já fiz a seleção musical. O que vocês acham?

    Uma excelente semana e um cheiro bem grandão pra todo mundo!

    Claudinha

      posted by Feito a Mão in decoração,festas juninas,foto e scrap,fuxico,gráfico,leitura,natal,passo-a-passo,presente and have Comentários (33)

      Neste natal, eu desejo…


       

      Feliz Natal

      Eu não me perdoaria se deixasse passar o dia de hoje sem vir aqui desejar a todos os que passaram por esse espaço, no decorrer de 2011, um felicíssimo natal e uma passagem de ano inesquecível.

      Quem em 2012 nossas necessidades sejam atendidas e não os nossos desejos, que não falte pão em nossas mesas, carinho em nossos lares, sorrisos nos rostos de nossos filhos e muitos motivos para comemorarmos bastante ao lado dos seres que amamos.  

      Amigos são a família que a gente escolhe. Desejo a todos os meus amigos e familiares muita paz, saúde, alegria e amor, que é o mais importante. O resto a gente consegue com esforço e coragem pra trabalhar.

      Por falar em trabalho, que ele seja abundante, nos preencha, dignifique, seja capaz de suprir nossas necessidades materiais, mas que nunca esqueçamos de curtir os momentos de folga, deixando espaço para o ócio e as coisas simples da vida, para que possamos voltar revigorados e inteiros a cada novo intervalo.

      Que nossas famílias ocupem espaço de destaque em 2012! Que nossos inúmeros compromissos não nos impeçam de aproveitar cada descoberta de nossos filhos, o primeiro dente de leite arrancado, os bilhetinhos mal escritos por quem está se alfabetizando, os avanços de quem dá seus primeiros passinhos, a apresentação de balé da filha mais velha, a feira de ciências na escola ou a escolha do primeiro sutiã. Não importa em que fase seu filho esteja, curta-a!!!! Ela passa muito rápido, pode crer!

      Que nossa casa seja o ambiente acolhedor e reconfortante de que tanto precisamos para nos restabelecer ao final de cada dia. Que saibamos organizá-la, mantê-la limpa e cheirosa para nossa família, nos desfazendo de tudo o que nos é excessivo – treinando o desapego para que o menos seja mais de verdade. Que haja espaço para nosso filhos correrem, sem móveis entulhados pelo caminho. Espaço para uma parede ou outra riscada pelos nossos Picasso mirins, espaço para aquele sofá velho de guerra, manchado das muitas pipocas que acompanharam os vários filmes assistidos quando a família estava reunida. Por que viver numa casa de vitrine é muito chato!

      Que a rotina do dia a dia nunca apague a chama de nossos casamentos e que cada momento a sós seja aproveitado para nos fazer lembrar o motivo pelo qual nos apaixonamos pela pessoa ao nosso lado. Que nossas rabugices sejam insignificantes e que os gestos de carinho predominem. Um café na cama de vez em quando, um jantar especial a luz de velas, um cineminha a dois ou um beijo mais caliente quando o outro menos esperar, só para lembrar dos velhos tempos.

      Que tenhamos mais tempo para nossos pais e que encontremos “aquele jeito especial” de lhes dizer o quanto eles foram e continuam importantes para nós e o quanto somos gratos por todo o sacrifício que nos fez chegar onde estamos hoje. Uma visita no final de semana ou um telefonema no fim do dia, não importa, o importante é estar presente, antes que seja tarde demais.

      E o mais importante: não importa o nome que você dê a Deus, que Ele esteja presente em todos os momentos de sua vida e que suas atitudes sejam o reflexo da vontade dEle.

      Que sejamos gratos por tudo. Nem sempre recebemos aquilo que desejamos, mas sem dúvidas recebemos tudo aquilo de que precisamos. O que não mata nos fortalece.  Cada experiência é uma oportunidade de crescimento, mesmo as dolorosas e difíceis.

      Enfim, que sejamos melhores em 2012! Que nossos planos não fiquem confinados na primeira página da agenda. Que nossas metas sejam alcançadas e que possamos contribuir para um mundo melhor, fazendo as pequenas coisas que nos cabem. Um passo de cada vez. Quem disse que essas ações não são importantes ou não fazem diferença no final?

      É isso o que desejo a vocês, neste dia de natal! Obrigada pela companhia gostosa nesse ano que se encerra.

      Um cheiro enorme e até janeiro!

      Claudinha

        posted by Feito a Mão in natal and have Comentários (33)

        Preparativos de Natal


        Bom dia, pessoal!

        Tentei concentrar meus preparativos de natal num único post, mas não consegui concluir tudo o que estava fazendo. As meninas pioraram da alergia, passei a semana passada num vai-e-vem entre consultórios e laboratórios médicos, sem falar que nesta semana começam as provas bimestrais da Clarinha, como ela faltou muitas aulas, quando estava doente, tivemos de repor o assunto em casa. Então, dá pra imaginar a loucura que está por aqui, não dá?

        Quando eu terminar (e se eu terminar a tempo) o restante dos enfeites, mostrarei em outro post.

        Minha árvore de natal

        Eu pretendia fazer um natal totalmente handmade este ano, tinha até comprado um monte de tecidinhos importados naquela loja online que falei para vocês. Mas fui atropelada pelos enfeites brilhosos e chamativos que encontrei na Mabel e mudei o rumo da decoração.

        Depois de armar a minha tão sonhada árvore de 2,40m, veio a constatação da realidade: meus enfeites seriam insuficientes para preenchê-la. Como eles eram miúdos, eu precisaria de centenas deles. Comprar ficaria inviável pois, no fim das contas, o custo não compensaria. Fazê-los em casa, em tão curto espaço de tempo, na atual circunstância, ao invés de servir de terapia seria um castigo. Como sempre digo, isso deve ser prazer, não obrigação.

        Resolvi montar a minha primeira árvore de natal “perua”: cheia de paetês e brilhos. E gostei do resultado! Já estava ficando enjoada da minha antiga árvore com enfeites em feltro e bonecos de pano. Mudar é bom de vez em quando.

        Vejam só como ficou:

           

        Centro de mesa

        Minha mesa é grande e o centro de mesa tem de ser bem comprido para ficar proporcional.

        Este ano, resolvi jogar algumas bolas de cipó e pinhas douradas e complementar a composição com algumas bolas vermelhas, borboletas decoradas e um enfeite mais chamativo no centro.

        Comprei as bolas, as pinhas e uma guirlanda de cipó no mercado do artesanato e pintei com spray dourado. Aproveitei para dar uma mão de tinta no trio de anjos que eu já tinha há alguns anos, também foram comprados lá. Com um laço bonito no pescoço, eles ornamentarão um dos cantos da minha sala de jantar.

        spray dourado

        As lembrancinhas

        Este ano utilizei alguns kits do Armazém Criativo, para fazer os cartões, etiquetas e calendários.

        A Cris Oliveira desenvolveu kits híbridos que facilitam a vida de quem está sem tempo para criar ou de quem não sabe mexer direito no photoshop. Essa facilidade me ajudou muito na correria em que estou.

        Decidi que farei dois tipos de lembrancinhas: um comestível e outro de enfeites de natal. Afinal, preciso dar destino aos tecidinhos que comprei.

        São mais de 20 pessoas a serem presenteadas, entre professoras e assistentes das crianças, motorista da van, porteiros  e colegas de trabalho. Fazer as lembrancinhas em casa pode sair bastante econômico, além de ser muito mais atencioso.

        Quem acompanha o blog há mais de um ano, não vai encontrar muitas novidades. Só mudei o recheio e a embalagem, mas o princípio é o mesmo. Até as canecas estão de volta, numa versão mais incrementada.

        Caixas de cookies decoradas

        Vou fazer cookies de chocolate para colocar em latas iguais às que eu já tinha usado para embalar o fudge que fiz ano passado. Já testei duas receitas e ainda pretendo testar uma terceira. Quando eu me decidir pela mais gostosa, publicarei por aqui. Pelo menos, já decorei as latinhas.

        Detalhe para a etiqueta de feliz natal, do Kit digital híbrido Natal 1.

        folder

        Cupcakes de chocolate

        Não sei ainda se farei a cobertura de ganache de chocolate nos cupcakes que farei para presentear ou se farei cobertura de pasta americana, em tema natalino. Mas como sexta passada foi aniversário de meu marido e ele me pediu para fazer esses bolinhos, aproveitei o ensejo para fotografar como eles ficariam com o wrapper do kit natalino que eu baixei.

        Com certeza, na ceia de natal estes wrappers estarão presentes.

        Cartões

        Com o mesmo kit, imprimi os cartões que vamos utilizar no Natal:

        Canecas com cupcakes

        No feriadão da semana passada, fui ao cinema  e, enquanto esperava a hora do filme, dei uma volta pelas Lojas Americanas. Quando vi essas canecas, imediatamente pensei em usá-las nas lembranças de natal deste ano. Não serão as mesmas pessoas a serem presenteadas e na verdade o recheio da caneca é diferente. Embora pareça repetitivo, o presente é outro. Na verdade, eu só estava arrumando uma desculpa, pois me apaixonei pelos três modelos e as levaria mesmo que fosse entregá-las vazias.

        Fiz um teste e coloquei os cupcakes dentro das canecas. Para deixá-los mais altos, pus papel seda amassado dentro delas.

        Embalei com um saco plástico e dei um laço de fita. O detalhe fica por conta da etiqueta de Feliz Natal, do kit híbrido Natal Tropical.

        folder

         

        Calendários 2012

        Todo fim de ano, a minha listinha de coisas a fazer inclui criar calendários personalizados com as fotos das meninas e dos meus sobrinhos. Entra ano e sai ano e esse projeto não sai do papel.

        calendário 2012

        Este ano aproveitei a praticidade do kit Calendário Triangular, do armazém criativo e pus o projeto em ação em pouco mais de 15 minutos.

        folder

        Continuarei o post em outro dia, com a sequência das fotos dos presentinhos feitos em tecido.

        Ah, eu ia finalizar este post colocando a opção de vocês também inserirem seus links natalinos aqui. Mas vi que a Rejane, do Casa Corpo e Cia já lançou seu mosaico de Natal, com a mesma finalidade. Tem muita ideia bacana por lá!

        Outra dica linda, encontrei no blog da Sueli Pinheiro. Já salvei, pensando no convite que recebi da professora da Mariana, para confecionar os cartões natalinos na salinha dela.

        Vejam só se não é uma ideia fantástica e simples, a Sueli nos ensina a fazer esta árvore de natal, que é bem mais fácil do que parece. Passem lá, pra conferir.

        DSC_0051

        Uma boa semana a todos!

        Cláudia

          posted by Feito a Mão in decoração,digital scrapbooking,natal,presente and have Comentários (35)

          Como utilizar o scrap digital numa festinha infantil. Um freebie de natal surpresa e mais um sorteio imperdível. Convidada especial: Cris Oliveira, do Armazém Criativo


          Vocês já devem ter percebido que de vez em quando eu trago convidados ao nosso espaço.

          Faço isso porque, em certos assuntos, é melhor passar a bola e ouvir de alguém mais experiente seus segredinhos e dicas. Faço isso também para que tenhamos a oportunidade de conhecer outras ópticas diferentes sobre assuntos que já abordamos aqui no blog. Ou simplesmente porque gostaria de compartilhar outros espaços legais e interessantes que conheço e frequento.

          Em qualquer dos casos, estou certa de que nossas visitas têm muito a acrescentar e que sua participação no Feito a Mão o deixam mais rico e dinâmico.

          Dessa vez, eu chamei ninguém menos que a Cris Oliveira, que comanda o Armazém Criativo, para falar um pouco sobre o scrap digital, sua utilização e sua aplicação no ramo das festinhas infantis.

          Se você quer economizar uns bons trocados, sem abrir mão de deixar a festinha de seu filho o mais personalizada possível, acho bom começar a pensar no assunto com mais carinho.

          A participação da Cris soma-se à da Flávia, do Scrapbykit, que já nos contou como uma máquina de corte pode nos auxiliar nos preparativos de uma festinha, e juntas completam o binômio scrap artesanal + scrap digital, sem o qual nenhuma festa de hoje em dia se mantém.

          Com vocês, Cris Oliveira, do Armazém Criativo.

           

          banner02

          A Claudinha carinhosamente me convidou para escrever um post sobre o scrapbooking digital e sua utilizações. Claro que nem preciso dizer o quanto me senti feliz por esse convite. Estar num blog que faz a diferença no que se propõe já é maravilhoso. Imagina ter uma responsável que é tão dedicada com seus leitores, carinhosa com todos e que tem  um coração enorme por partilhar tudo de uma maneira ímpar.. imitando aquela propaganda da tv – isso não tem preço!

          Bom, vamos lá falar sobre o scrap digital e suas utilizações.

          O scrapbooking hoje em dia está mais conhecido do que há 5 anos quando comecei.

          Podemos dizer, em  linhas simplistas, que  scrapbooking é um modo de preservar a memória, mas de uma  maneira mais bonita, decorada e com detalhes informando o que a foto  “quer dizer” por trás do papel, isto é, as emoções.. Mas, serve pra quê? É uma arte de decorar  as fotos e/ou memórias e serve justamente para memorizar a lembrança, a  emoção. Além, é claro, de ter se tornado uma bela terapia, onde  colocamos não só o sentimento pra fora, mas também a criatividade.

          No scrapbooking digital ao  invés  de termos os papéis artesanais temos arquivos digitais que  contem papeis e elementos digitais que podem ser manipulados  digitalmente para a criação da sua página.

          Para isso você  precisará de um programa gráfico, como o photoshop por exemplo, para  criar seus projetos. O ponto favorável do digital é que você poderá usar  o kit quantas vezes quiser, não há perda do material caso não goste do  que fez  ou caso erre algo.. é só recomeçar. E depois é só mandar  imprimir, seja em casa ou num laboratório.

          Bom, mas é só para criar página? Claro que não!! E vou confessar que minha preferência é pela mil e uma utilidades que o scrap digital nos dá! Podemos criar infinitos projetos – lembrancinha, arranjos de mesa, álbuns decorados, bloquinhos, embalagens, convites, tags, rótulos, marcadores, banners e mais o que a imaginação inventar.

          O bom de tudo isso é que você pode personalizar do jeito que quiser. Deixar tudo com a sua cara, do seu jeito, enfim, de uma maneira especial – só sua! Tem coisa melhor que isso?

          Que tal tomarmos como exemplo as festas infantis?

          O tema da festa pode ser até comum – várias pessoas fazem o mesmo tema em determinadas idades. Visto o famoso circo nas festas de 1 ano. Eu mesma fiz esse tema nas festas de 1 ano dos meus dois filhos, mas cada uma ficou totalmente diferente da outra. Colocando a marca deles na festa, isto é, o modo deles serem . Na festa do meu primeiro filho, o Gabriel (agora prestes a completar 8 anos) dei uma cara mais de bebê, até os bichinhos eram mais fofinhos, do jeito meigo dele. Já na festa do Rafael (ele já com 1 ano e meio)  o circo ficou com ar de alegria e muita animação.  Pena que as fotos da festa do Gabriel ainda sejam em papel.. para podermos ver a diferença. Mas, isso é para dizer que o tema pode ser, e provavelmente será, o mesmo de muitas festas por aí, mas você pode colocar o seu toque para deixá-la a sua cara, ou melhor, a cara do aniversariante. Assim criando uma festa personalizada.

          Olhando pelo lado de quem cria a personalização no scrap digital, depois de escolher o tema da festa é hora de decidir quais serão as lembrancinhas, o convite e a decoração (mesa principal, de doces, painel, banners, itens decorativos). De um tempo para  cá alguns itens que podem ser criados e personalizados digitalmente estão sendo denominados de papelaria – tais como – convites, tags, rótulos,  wrappers para cupcakes, etiquetas de agradecimento, enfim, tudo que é de papel.

          O scrap digital , nesse sentido, ajuda e muito a criarmos a festa do jeito que queremos. Você pode adquirir um kit digital temático  e criar com ele, ou simplesmente usar as cores da sua festa para personalizar tudo que imaginar.

          Vejamos algumas das possibilidades  do que podemos criar .

          As artes abaixo são todas da minha querida amiga, Sandra Shimura, que me autorizou a usar as imagens nesse post.

          Marmitinhas personalizada com doces

          DSC02083 

          Tubetes com balinhas de coração rosas e vermelhas

          niverjuliatubetes

          Tubos de brigadeiro

          niverjuliatubo

          Água personalizada e garrafa

          niverjuliaagua

          Chocolate Baton

          Imagem 3677

          Bis personalizado

          Imagem 3681

          Caixinha personalizada com lápis personalizado

          Imagem 010 Imagem 012

          E até as lembranças de natal pode ser personalizadas! Vejam só!

          Sacolas e marmitinhas personalizadas

          Imagem 132 Imagem 115

          Viram algumas das  utilidades que o scrap digital pode criar além das páginas? E pode ser feito muito mais. Basta dar asas a imaginação para ter a sua festa mais do que exclusiva!

          Depois de ter escolhido o que fazer para a festa você pode ficar em dúvida sobre o tamanho que irá ter que criar os arquivos para começar a inventar suas artes digitais.  Uma opção rápida para quem não tem as medidas é fazer o seguinte – quer colocar um rotulo numa garrafinha de água? Pegue uma garrafa e um papel comum, corte na largura que você quer usar, enrole na garrafa até ficar envolvendo ela toda, após isso é só medir o pedaço de papel (altura e largura). Agora sabendo as medidas é só começar a criar o arquivo digital. Isso você pode fazer com quase todos os produtos que quiser criar. Está na dúvida do tamanho, é só simular num papel comum para achar as medidas.

          Arte criada, agora é a parte da impressão. Você pode  imprimir em casa ou levar numa gráfica, conforme sua preferencia ou necessidade.

          Observação – Geralmente os projetos que são impressos em vinil adesivado são feitos em gráfica. Vinil é um material que não borra com o contato com líquidos. Ideal para colocar em rótulos de garrafas, bisnagas de brigadeiro, enfim, em todos os produtos que o ideal é proteger a arte.

          Existem algumas opções para substituir o vinil adesivado – como colocar contact  ou usar o  spray de verniz após o trabalho impresso. Atenção porque o contact com o tempo amarela.

          Lembrando também que na gráfica até a tinta usada  é a prova d’água. Então, vale a pena ponderar onde imprimir e em que papel. Afinal depois do trabalho pronto não iremos querer que ele borre em contato com algum líquido como é o caso de garrafas, não é mesmo?

          Em casa pode ser impresso numa impressora jato de tinta ou a laser. Cada uma com seus prós e contras, mas, em ambas dá para imprimir seus projetos.

          E aí vem a pergunta – em qual papel vou imprimir? Bom, isso é muito relativo, pois vai depender do tipo de projeto.

          Por exemplo – se você precisa de um papel mais fino e brilhoso o ideal é o papel couchê. A característica básica  dele é o brilho e a lisura de suas folhas. Nesse papel as cores ficam mais vivas devido a sua  microporosidade, ou seja, quando a tinta é depositada permanece na superfície do papel. Geralmente usamos esse papel para criar embalagens personalizadas de chocolate (barra de chocolate envolvidas pelo papel personalizado), bis, batom.. enfim, projetos que necessitem dobras suaves, sem que o papel fique vincado ou rachado.

          Se você precisa de um papel mais durinho o ideal é o opaline, filicoat, diplomata ou algum texturizado, caso goste. Para embalagens gosto do filicoat e diplomata. Já para convites, tags e afins gosto dos texturizados – minha preferência é pelo telado e vergê. Mas, isso é muito pessoal, pois cada um tem um gosto e para descobrir qual você prefere só testando em alguns tipos de papéis.

          Uma dica boa é -  leia as embalagens dos pacotes de papéis, porque elas trazem informações básicas sobre os casos mais indicados para uso de cada papel.

          Para finalizar  o post quero dar a todas um presente  – um mini kit que pode ser impresso e personalizado, caso queira. Como estamos perto do natal, resolvi fazer com esse tema – afinal muitas pessoas adoram personalizar as lembranças do  natal, não é, mesmo? (Cliquem na imagem abaixo para download).

          preview_natalino_hibrido

          Contém :

          1 cartão 10X15 cm

          01 tarja para marmita 12 X 09 cm

          01 tag (de/para) 07 X 11 cm

          01 tarja para lata 6 X 6 cm

          01 mini caixa estilo fósforo  4,5 X 2,5 X 1,2 cm

          preview_natalino_hibrido1 preview_natalino_hibrido2 preview_natalino_hibrido3 preview_natalino_hibrido4

          Claudinha, super obrigada pelo carinho todo e pelo espaço. Espero que tenham gostado, pois eu adorei estar por aqui.

           

          447ir

           

          Cris, muito obrigada por sua participação. Já lhe disse que ter você em meu blog é uma honra e tanto, não? Seu blog foi o primeiro que eu passei a acompanhar, e foi por meio de seus tutoriais que eu aprendi a fazer scrap digital. Você não faz ideia do quanto a admiro e respeito!

          Espero que vocês tenham apreciado tanto quanto eu a visita da Cris. Particularmente, adorei as explicações sobre os papéis adequados a cada projeto e ver as possibilidades de uso do scrap digital até mesmo em ocasiões tradicionais, como o natal.

          E não para por aí. Além do lindo freebie com que a Cris nos presenteou, ela está sorteando um vale-compras no valor de trinta reais. O ganhador poderá gastá-lo, escolhendo os itens que desejar em sua loja online. Para participar, basta preencher o quadro abaixo com seu nome e e-mail, até o meio dia do domingo, dia 20/11/2011 (horário de Brasília).

          vale30 _armazem cópia

          Na segunda-feira, eu divulgarei o resultado. No mesmo post, pretendo mostrar a vocês os meus preparativos de natal: presentinhos e decorações que estou fazendo. Estou usando alguns kits da Cris nesses projetos e, modéstia à parte, estão ficando lindos!

          Um excelente final de semana a todos!

          Claudinha

            posted by Feito a Mão in convidada especial,digital scrapbooking,festa infantil,natal and have Comentários (73)