Archive for the 'Faça a festa você mesma' Category

Inspiração para festinha de formatura do ABC


Minha filha caçula está para concluir a antiga alfabetização, hoje primeiro ano. Com a proximidade de sua formatura no ABC, andei pesquisando algumas ideias para incrementar sua festinha.

Como tenho recebido e-mails e comentários de outras mães que estão na mesma fase, resolvi compartilhar algumas das melhores ideias que já selecionei.

Todas as fotos abaixo estão vinculadas à URL original. Basta clicar sobre cada uma delas para chegar até o site que as produziu ou divulgou.

Kits digitais

Selecionei alguns kits digitais para utilização em convites, personalizados, tags, customização de lembrancinhas etc. Pois, a partir do kit escolhido, farei a identidade visual da festa.

MG – Mygrafico Digital Arts & Craft Store

BDbaseballOi_Back_to_school

GAFbacktoschoolrevidevi_OwlSchoolArtPartykellymedina_backtoschool_preview    

Armazém Criativo

eb3a1bf1a5421f8d1e3dd1526f829380_image_400x400cd93ec4e6d3e549da4633a966487d389_image_400x400

Just so Scrappy

7f2e46db27d5f8f8135fe5a4aa885ec2_image_300x300  

 

Moldes para usar na silhouette

Como tenho notado que muitas de vocês possuem uma silhouette, separei alguns modelos de cortes que poderão ser aplicados em caixas de docinhos, lembrancinhas e marcadores de livros (que muito bem podem servir de lembrancinhas ou até mesmo de convites).

 image

 

image

 

image image image image

De onde vieram esses, tem muito mais. Aqui.

 

Inspiração para decoração da mesa

Geralmente a escola promove uma festa coletiva. Mas justamente por ser coletiva, muitas vezes recebemos pouquíssimas senhas. Minha família é muito grande e nem todos poderão comparecer às comemorações oficiais, por causa da limitação de número de convidados. Estou pensando em preparar um pequeno jantar, com uma bela mesa temática de doces, logo após as solenidades da formatura. As ideias abaixo servem de inspiração

Party Pinching

cache_3360049104

Amy Atlas 

Nesta mesa o que mais me chamou a atenção foram os cupcakes e os cakepops. Tem muito mais fotos no site original.

 

FREEBIES

Além dos kits digitais, selecionei também alguns freebies, para aquelas que ainda não têm muita familiaridade com programas de edição de imagem. Os freebies já vêm prontos para impressão.

Back to School Party and Printable Goodies – Bird’s Craft

back to school party printables party

E por falar em freebies, o Living Locurto relacionou mais de 50 printables totalmente grátis, todos relacionados ao tema volta às aulas, que pode muito bem ser adaptado a uma festinha de formatura de pré-escola.

Back-to-School-Free-Printables

Sobre volta às aulas, o The Celebration Shoppe tem mais de 5 páginas, todas com ótimas ideias adaptáveis à realidade brasileira, como esta da foto abaixo. 

Back-To-School-Elmers-Glue-Craft-170x300

E o que dizer desta festa linda, retirada do Hostess with the Mostess?

photo_85838_view_album_large

book-exchange-dessert-table 

Guloseimas

O site da Bakerella tem sempre ideias criativas e originais. Recentemente eu comprei seu livro sobre cakepops e fiquei impressionada com sua capacidade de utilizar elementos do nosso cotidiano em situações diferentes daquelas para as quais foram projetados.

Esse pencil push up pops é um bom exemplo disso. Já vi desses injetores por aqui no Brasil, mas nunca pensaria em transformá-los em lápis! Clique na foto para chegar ao passo a passo (em inglês).

7723058332_f1289ff81c_o

Do mesmo site, são também os apple cake pops e os capelos de formatura abaixo. Tudo a ver com o tema pré-escola.

3806069939_3c4c926605_o 

3498563887_f49f61103a

Quem tiver dificuldades com o inglês, pode se valer do google tradutor.

Essas foram as ideias que eu selecionei. Se vocês tiverem outras a acrescentar, agradeceria se colocassem o link nos comentários. Além de me ajudar, ajudariam a muitas outras mamães que estão querendo fazer algo personalizado e caprichado para esta que é uma das ocasiões mais especiais da primeira infância.

Boa semana a todos!

Cláudia

    posted by Feito a Mão in cupcakes,decoração,digital scrapbooking,Faça a festa você mesma,festa infantil and have Comentários (29)

    Passo a passo: convite-caixinha e sacolinha de papel, por Kayrene Lavenère


    Como prometi, vou postar o passo a passo do convite e da sacolinha de pipocas que a Kayrene fez para a festinha de sua filha, Luíza.

    Eu gostei muito de aprender a fazer a sacolinha que a Kay vai nos mostrar. Parece ser algo tão fácil, mas as coisas aparentemente mais simples são as que dão mais trabalho e precisam ser muito bem feitas para ficarem bonitas.

    Cortar papel é um exercício de paciência. Para mim, é sempre um suplício, pois sou muito apressadinha e fico querendo pular etapas para adiantar o serviço.  O resultado é que quase sempre tenho de refazer. Por isso, nem me atrevo a fazer essa caixinha do convite, fica a dica para as habilidosas e dispostas arteiras que passam por aqui.

    No fim das contas, é preciso concordar que, para acalmar a mente e esquecer os problemas, não há nada melhor que uma sessão de tesouraterapia!

    Mãos à obra!

    O convite de caixinha

    Não é propriamente uma novidade, todo mundo já viu pela net convite assim, mas a princípio parece muito complicado de se imprimir, recortar e montar.

    A Kayrene partiu do zero. Reproduziu o modelo dela, desmontando uma embalagem de bijouteria e customizando imagens escaneadas, mas ela mesma vai contar como fez sua caixinha.

    532090_237118179742340_379153334_n

    Usei como modelo uma caixinha de presentes de uma loja de bijouteria. Fiz uma igual em papel sulfite, só para ver como dobrava e quais seriam as medidas utilizadas. Adequei o tamanho para que coubessem 02 convites completos em uma folha de papel A3.

    A caixa ficou com: 18,5 x 18,5 cm e a tampa com: 9,5 x 9,5 cm.

    convite-box   

    Imprimi em papel couchê com brilho, na Casa da Cópia.

    Em uma folha de A3 couberam dois convites (caixa e tampa) e sobrou espaço suficiente para imprimir todas as borboletas e listras usadas para personalizar as guloseimas.

    A borboleta que ficou na tampa do convite foi escaneada das borboletas usada para enfeitar a caixa de lembrancinhas (adesivo para decoração comprado no Extra, na promoção de R$ 9,00 por R$ 4,00 a cartela com 10 adesivos variados).

    Usando o photoshop, colei a borboleta sobre um papel rosa de bolinhas brancas, de um kit de scrapbook.

    O custo final do convite, já com o chaveiro, foi de R$ 2,60. Para baratear, minha irmã sugeriu fazer um convite todo em cartolina e colar um papel adesivo apenas no centro da tampa, personalizando o tema da festa.

    Detalhes montagem convite:

    Base com 18,5 x 18,5 cm. As listras já ficam arrumadas no arquivo de impressão de forma que, quando dobrasse o papel para formar a caixa, ficassem todas na vertical.

    convite-box1

    Usei as próprias listras para fazer a marcação da dobra da caixa. É importante fazer a dobra bem vincada. São 04 dobras, formando um “jogo da velha” de 09 quadrados, só que o quadrado do meio fica com 6,5 x 6,5 cm, e os outros 08 quadrados com 6 x 6 cm. Depois, fiz uma dobra na diagonal dos 04 quadrados das pontas do papel, que é o que fez com que a caixa “se segurasse” em pé. convite-box2

    Para a tampa, usei um papel de 9,5 x 9,5 cm. Também são feitas 04 dobras, formando um outro jogo da velha, só que o quadrado meio fica com 6,7 por 6,7. Fiz um corte nos 04 quadrados das pontas par formar a caixa, colando o quadrado da ponta na lateral.

    convite-box3

    No fundo interno da caixa (quadrado do meio) colei um adesivo de listras.

    Sacolinha de pipocas

    Essa sacolinha tanto pode ser usada para acomodar guloseimas variadas, como embalar as lembrancinhas do aniversário, para tanto basta aumentar suas dimensões. Por isso achei tão interessante compartilhar seu passo a passo.

    Muitas vezes, estamos à procura de algo personalizado, numa cor ou tamanho específicos, e não encontramos. Saber que podemos produzir as sacolinhas, com um excelente acabamento é sempre um consolo. Eu não sou muito afinada com tesouras e papéis. Não é o meu forte! Por isso, sempre que posso, recorro aos cortadores e máquinas de corte. Mas ver o passo a passo da Kayrene me encorajou e já coloquei as sacolinhas na minha listinha de coisas a fazer no aniversário da Maricota.

     sacolinha de papel1a) Divida uma folha de papel 40 kg em 06 partes (dobre no meio e depois divida cada lado em 03). Fica quase do tamanho de 01 folha de A4

    b) Dobre o papel em 03 partes, de modo que as laterais do papel se transpassem +/- 02 cm. Cole o transpassado com fita dupla face.  O resultado é um retângulo.

    sacolinha de papel2

    c) Faça um novo vinco no papel já dobrado em 3, no sentido do maior comprimento do retângulo. A distância entre os vincos corresponde à largura que a sacolinha vai ter. Quando fizer um vinco de um lado, o outro lado automaticamente já vai ficar vincado.

    d) Para fazer o fundo da sacolinha, faça uma dobra em 01 das extremidades do papel. A distância entre a ponta do papel  e a dobra deve ser a mesma distância daquela entre os 02 vincos laterais.

    sacolinha de papele) Faça 02 cortes de cada lado do fundo da sacolinha, indo da ponta do papel até o vinco da dobra do fundo da sacola, formando 4 abas. Depois é só dobrar e colar com fita dupla face (mais rápido que cola).

    f) Na parte de cima da sacola, faça 02 furos com perfurador, passe a fita e dê um laço. Abaixo do laço, na frente da sacola, eu colei as artes.

    Bjs, Kayrene

    283776_228054850648673_170184301_n

     

    Eu queria agradecer à Kayrene pela gentileza em fotografar esse detalhado passo a passo e por ter aceitado participar do Feito a Mão. Tenho certeza de que suas dicas serão aproveitadas por muitas mamães (e não mamães também) ávidas por customizar suas festinhas.

    Tenham todos um ótimo dia!

    E não se esqueçam do nosso Concurso de receitinhas doces para festas!

    Claudinha

    Atualizado a pedidos. A seguir, os moldes da caixa. Por favor, obeservem as instruções de montagem e medidas indicadas pela Kayrene no corpo do post.tampa

    caixa

      posted by Feito a Mão in convidada especial,Faça a festa você mesma,festa infantil,passo-a-passo and have Comentários (55)

      Passo a passo do Arranjo Macabro – Festa das Bruxinhas


      Como eu prometi, vou mostrar como montei o arranjo abaixo.

      Eu tinha visto um arranjo parecido na loja Anima Fest, na quinta-feira, antes da festa, feito pela vendedora Vânia.

      Resolvi copiar a ideia, adaptando-a aos materiais que eu tinha disponíveis e deixando o arranjo mais delicado e feminino, já que a festa era de uma garotinha. Antes, porém, pedi permissão à sua criadora, inclusive para compartilhar sua ideia aqui no blog. Obrigada, Vânia!

       Arranjo macabro - Festa das Bruxinhas   Arranjo macabro - Festa das Bruxinhas  Arranjo macabro - Festa das Bruxinhas

      Vamos ao passo a passo.

      Você vai precisar de:

      1 cachepô grande

      galhos secos

      teia de aranha sintética

      aranhas, morcegos ou insetos diversos de borracha

      ramagem artificial

      folhas secas naturais

      enfeites de halloween: abóboras, caldeirões ou caveirinhas

      1 vassoura de palha rústica – cabo feito com galho de árvore + vassoura de palha

      laço de tecido nas cores do halloween

      argila

      lata de leite para montar o arranjo

      folhas de jornal ou revistas velhas

      musgo seco e palha

      cola quente

      linha preta para pendurar os insetos

      Como eu fiz:

      1. Enchi a lata de leite vazia com argila e enfiei os galhos secos dentro dela. Eu envolvi a base dos meus galhos com plástico, para reaproveitá-los depois da festa. Usei os galhos de um arranjo que tenho em minha sala de estar. (O mesmo que funcionou como minha árvore de natal, ano passado).

      2. Coloquei a lata no centro do cahepô. Como meu cachepô era maior que a lata, usei caixas de papelão para elevá-la, furando um buraco no centro das caixas, para que a lata de leite ficasse encaixada, sem balançar. Isso fez com que o arranjo ficasse bem mais leve do que se eu completasse todo o cachepô com argila.

      3. Completei os espaços vazios com folhas de jornal e revistas amassadas.

      4. Eu tinha feito uma vassoura de palha rústica. Comprei no mercado a vassoura, desprezei o cabo e usei um galho de árvore meio torto em seu lugar. Dei um laço de tecido na vassoura, enfeitei com as abóboras de biscuit que eu tinha feito com antecedência e pus umas folhinhas artificiais, para dar um colorido. Usei cola quente pra prender esse enfeite.

      Enfiei a vassoura de cabeça para baixo no centro do cachepô e prendi bem, para que não ficasse bamba.

      5. Completei o espaço aparente com musgo seco.

      Arranjo macabro - Festa das Bruxinhas

      6. Sobre o musgo, fui jogando a folhagem artificial, que você pode encontrar em qualquer loja de artigos para decoração (que venda flores artificiais e similares).

      7. Coloquei folhas secas de tamanhos e formatos diferentes, aleatoriamente.

      8. Nos galhos, eu pendurei 3 abóboras de plástico que eu havia comprado. enchi as abóboras com folhas secas e amarrei umas palhinhas na alça.

      Arranjo macabro - Festa das Bruxinhas

      9. Vejam o detalhe do laço dado na vassoura: com tecido rasgado, folhas artificiais e uma mini abóbora em biscuit colada com cola quente

      10. Usei teia de aranha sintética para decorar os galhos. Comprei a minha no site PartyPro. Para quem mora em Maceió, eu vi uma teia  parecida à venda na Anima Fest.

      11. Depois, pendurei os bichos de borracha que eu comprei na loja Felícia, usando linha preta para prendê-los.

      (Obs. Quando eu não deixo link das lojas, é porque elas não têm site. Busquem no google o nome da loja + Maceió e encontrarão o endereço).

      Arranjo macabro - Festa das Bruxinhas

      E foi assim que, em menos de duas horas eu fiz esse lindo arranjo.

      A intenção inicial era colocá-lo na entrada da casa. Mas achei-o tão fofo, que resolvi transferi-lo para o lado da mesa principal, onde teria mais destaque nas fotos.

      E o chapeleiro de bruxo, que a princípio ficaria ali, foi para a frente da casa, acomodando perfeitamente os chapéus dos meus feiticeiros visitantes.

      E dá para aproveitar a ideia para outros temas. Basta retirar a teia de aranha, trocar os morcegos e aranhas por passarinhos e borboletas e voilá! Quem sabe até pode ser usado numa festa de 15 anos?

      Um cheiro e até amanhã, quando mostrarei uma das receitinhas que usei no cardápio da festa.

      Claudinha

        posted by Feito a Mão in decoração,Faça a festa você mesma,festa infantil,passo-a-passo and have Comentários (12)

        Usando uma máquina de corte para elaborar uma festinha infantil – Convidada Especial: Flávia do Scrapbykit


        Eu já havia convidado a Flavinha há muitos meses para falar aqui no blog sobre sua experiência com a Cricut. Isso foi logo depois que eu comprei a minha máquina, em março deste ano. Mas só agora a Flavinha aceitou meu convite. Acredito que tudo acontece na hora certa, pois justamente agora estou de amores com minha Silhouette SD, que acabei de comprar pelo site Custom Crops. O post da Flavinha veio a calhar, pois vou mostrar também algumas fotos de coisas que fiz com a minha máquina para a festa das Bruxinhas, no sexto aniversário da minha caçulinha.

        Para quem quiser saber maiores detalhes sobre a Cricut e sua comparação com a Silhouette, recomendo uma visitinha ao blog da Flavinha, o Scrapbykit. Lá vocês encontram uma categoria específica para a Cricut e muitos posts sobre o assunto.

        A Flavinha topou escrever sobre como uma máquina de corte pode nos auxiliar na empreitada de elaborar uma festa infantil totalmente sozinha. Ela, mais do que ninguém, tem conhecimento de causa. Sua paixão pela Cricut a levou a montar uma lojinha online, na qual ela vende recortes personalizados.

        banner1

        Se você ainda não tem sua DCM (Die Cut Machine), seja por qual motivo for, mas não abre mão de uma festinha personalizada, talvez seja uma boa opção comprar recortes prontos de quem os vende, como a Flavinha. Fica a dica, afinal nem todo mundo tem condições de investir um valor considerável em peças, acessórios e papéis, que serão usados apenas uma vez por ano.

         

        scrapbykit

        “Claudinha e eu já vínhamos conversando há algum tempo sobre um post em conjunto sobre nossas amadas DIE CUT MACHINES ou simplesmente DCMs. Depois de alguns contratempos, finalmente este post vai sair. Hoje, Claudinha já está até de DCM nova, a Silhouette, mas eu continuo com minha Cricut Expression e também a Sizzix Big Shot.

        O assunto DCMs rende muitos posts, mas pensamos bem e achamos que unir DCMs + festas resultaria num post que poderia interessar a um público maior. Então, a idéia hoje é falar um pouquinho sobre o uso de DCMs na personalização de festas.

        Ainda não tenho um bom domínio sobre o tema festas, mas confesso que isto tem me atraído muito, passo horas olhando sites de festas, infantis principalmente. Acho que, como a maioria, comecei a me interessar após ter filho e pensar nas suas comemorações de aniversário.

        O que me atrai são os temas diferentes e a personalização. Vamos falar um pouquinho sobre isto primeiro.

        O que é a personalização? Para mim personalizar é deixar alguma coisa com a sua cara, dar o seu toque pessoal, seja uma roupa, sua casa ou sua festa. Algo que seja único, exclusivo, só seu, diferente dos outros.

        Personalizar não é só escolher o tema da sua festa (apesar de que a cada dia vemos temas cada vez mais inéditos e exclusivos, pelo menos na primeira vez que é usado…rsrsrs!!!)

        A escolha do tema é apenas uma parte da personalização. E o fato de escolhermos um tema relativamente comum, não significa que não possamos ter uma festa bem exclusiva, com a nossa cara, ou de nossos filhos, claro. Ou seja, posso fazer uma festa com o tema MINIE e tentar ser original, ou comprar um kit pronto com este tema, que outras pessoas também poderão comprar, em série, sem aquela personalização que desejamos.

        Mas lembre-se de que nem sempre você precisa de um tema específico. Uma combinação de cores pode ser suficiente para desenvolvermos algo criativo, personalizado e até exclusivo. Afinal, quem nunca viu as famosas combinações marrom/rosa e marrom/azul!! Hoje talvez já estejam bem comuns, mas já vimos festas lindas, só com cores predominando na decoração.

        Mas além da escolha do tema, como podemos personalizar, ou imprimir nosso toque às festas?

        Para isto podem ser desenvolvidos diversos itens, que devem levar em conta o dono da festa, a idade do aniversariante e dos convidados, por exemplo, numa festa de 1 ano é provável que teremos mais adultos, o local, dentre outros, sem deixar de ressaltar o valor que se pretende gastar, claro! Vou listar alguns itens, que atualmente tem merecido destaque no quesito personalização:

        DECORAÇÃO

        Aqui estou pensando na decoração em geral… a mesa principal e a de guloseimas, painel da mesa, quadros, itens relacionados ao tema, banheiros, etc. Eu gosto de dizer que, até por uma questão de economia, uma festa precisa ser planejada com muita antecedência, de 6 meses a 1 ano. Este tempo é fundamental para que possamos investir em itens que podem ser utilizados na nossa decoração personalizada, como por exemplo, algo que encontramos em uma viagem e que vai dar um charme especial. Não significa que temos que comprar. Outro dia, passei em uma rua e vi que tinham cortado os galhos secos de uma árvore e eram lindos. Pensei que ficariam perfeitos na decoração de uma festa com tema PASSARINHO, JARDIM, etc. Também pode se cultivar alguns belos vasos que poderemos usar na decoração, comprar uma louça bonita para servir comidinhas da festa, etc.

        Algumas dicas de decoração:

        · Reutilize garrafas de vidro em enfeites de mesa, decorando-as com flores (naturais ou de papel), balões e até velas (se a ocasião permitir).

        · Além de garrafas podem ser usados os vidros de papinha, latas de leite, vasinhos de cerâmicas, metal, etc.

        Vejam estes vasinhos que fiz para páscoa, mas que já foram usados como centro de mesa (flores cortadas na Cricut):

        clip_image002

        LEMBRANCINHAS
        Temos visto coisas incríveis no quesito lembranças. Às vezes, no próprio convite já estamos oferecendo mimos aos nossos convidados. Acho interessante também pensar em algo útil, “usável”, para que nosso convite não seja jogado fora tão logo seja recebido. No meu caso, vejam que coloquei alguns desenhos para colorir e ainda ofereci giz de cera!

        clip_image003

        Depois para a lembrança que os convidados levarão as opções são infinitas e o uso de DCMs pode ser uma mão na roda. A Claudinha já mostrou várias opções no concurso. Eu gosto particularmente de caderninhos para anotações, agendinhas, post its, mini-álbuns, etc.

        ITENS DE PAPELARIA

        Aqui temos várias opções e é onde eu considero que talvez tenhamos a maior ajuda das nossas DCMs. Incluem os convites, tags para lembranças e de agradecimento, toppers e wrappers para cupcakes, tags de identificação de comidas, rótulos de bebidas, cardápios, marcadores de mesa, banners, etc. O custo disto tudo vai depender muito dos materiais escolhidos, e claro, da quantidade de itens que queremos fazer. Se não for possível gastar muito, escolha um único item, por exemplo, um convite diferenciado pode ficar bem interessante. No final do post estão as fotos.

        Agora vamos falar sobre as famosas DCMs….

        Existem atualmente várias destas máquinas que podem ser utilizadas em praticamente todo tipo de arte e craft, dependendo da máquina utilizada. A principal função delas é cortar "die cuts", que são figuras de diferentes formas e tamanhos, alfabetos, palavras, etc. Mas além de cortar, elas também podem desempenhar outras funções, como fazer emboss ou relevo seco (basicamente, criar texturas no papel, para quem nunca ouviu o termo). Os diferentes tipos de DCMs têm também diferentes funções. E preços, claro!!!

        Na busca por qual DCM comprar, criei meu blog (www.scrapbykit.blogspot.com) onde escrevi alguns textos, que podem ser úteis àquelas que, como eu, são cheia de dúvidas do que realmente comprar. Após algumas pesquisas, eu me decidi pela Cricut e desde então venho tentando “dominá-la” ou seja, aprender a explorar o máximo de funções que ela oferece. Para isto já escrevi vários posts contando minhas experiências e aprendizados após a compra. Hoje, além do meu blog, participo também do Die Cuts e Cia (www.diecutsecia.blogspot.com), onde só falamos sobre máquinas.

        Neste post (http://scrapbykit.blogspot.com/2011/10/qual-dcm-comprar-cricut-silhouette.html), que é recente, fiz um resumão de quase tudo que já escrevi sobre DCMs, apesar de alguns estarem desatualizados.

        Além dos blogs, recentemente me uni a uma amiga, a Fabrise (http://fabrise.blogspot.com) e criamos uma lojinha no portal Elo 7 (www.littlebird.elo7.com.br), onde vendemos alguns cortes de nossas DCMs. Por enquanto, estamos no começo, mas a idéia é aumentar nosso portfólio e claro, investir na personalização de festas também. Projetos não faltam, o que falta é tempo, artigo de luxo. Atualmente tenho feito algumas festinhas, mas pretendo me dedicar mais a isto. E ainda estou tentando finalizar um curso on line para cricuteiras, onde vou tentar ensinar um pouquinho do que aprendi, pois muitas amigas tem me pedido isto no blog. Espero que dê tudo certo!!!

        Para finalizar, vou mostrar algumas coisinhas que já fiz utilizando minha Cricut e a Claudinha vai mostrar suas novidades com a Silhouette. Foi difícil escolher o que colocar:

        Primeiro os toppers para cupcakes e copinhos para doces:

        clip_image004

        clip_image006

        clip_image008

        clip_image010

        Tags para vidros de guloseimas:

        clip_image012

        Solapas e tubetes:

        clip_image014

        clip_image016

        Decoração de caixa de mdf para ser usada na mesa principal:

        clip_image018clip_image020

        Camiseta dos aniversariantes (Cricut também corta tecido):

        clip_image022 clip_image024

        Detalhe da mesa principal, com quadros no painel ao fundo:

        clip_image025

        Detalhe de um dos quadros, com recortes da Cricut:

        clip_image026

        Em um chá de bebê, caprichamos no lavabo. Selecionei só o papel higiênico…rsrsrs!!

        clip_image028

        Banner com nome da aniversariante:

        clip_image030

        Livros de assinaturas (o de coruja ainda não ficou pronto, mas eu gostei tanto dela que tive que colocar):

        clip_image032 clip_image034

        ____

        Viram só quanta coisa linda podemos fazer com criatividade e uma boa máquina de corte para nos ajudar? Eu tenho certeza de que o depoimento da Flávia aliado às lindas fotos que ela nos mostrou vão deixar muita gente eriçada por um brinquedinho desses. Quem sabe se vocês pedirem pro Papai Noel?

        Eu vou aproveitar o embalo e mostrar algumas fotos de coisas que fiz com minha Silhouette para essa última festinha. Não tive muito tempo para explorá-la, pois ela foi entregue dia 10 de outubro, então me contive com projetos de fácil execução. Ainda preciso comer muito cuscuz com ovo pra me igualar à Flavinha.

        Prometo que depois eu faço um post com maiores detalhes sobre a confecção de cada peça. Agora é só o aperitivo, ok? Só para atiçar a vontade de vocês! Foram fotos batidas com meu celular, durante a elaboração de cada peça. As fotos da festa virão depois.

        1. Adesivos para colocar nos pirulitos de brigadeiro, cuja receita eu já postei aqui.

        Usando a silhouette numa festa infantil

        2. Enfeites para colocar na árvore de galhos secos que decorou a mesa principal:

        Usando a silhouette numa festa infantil 

        3. E o que mais me deixou satisfeita com o desempenho da máquina: wrappers para cupcakes. Foram quatro modelos: morcegos, abóboras, caveirinhas e aranhas.

        Usando a silhouette numa festa infantil Usando a silhouette numa festa infantil

        E então? O que acharam? Vale a pena investir num brinquedinho assim?

        A minha opinião é que se levarmos em consideração unicamente o custo, a resposta será não. Não vou mentir que sairá mais barato que comprar um wrapper pronto. Mas duvido que você encontre um para vender nesses formatos que mostrei.

        Se sopesarmos a vantagem de criar qualquer peça, sem restrição à nossa criatividade e com total exclusividade, a resposta passa a ser sim.

        Quem gosta de exclusividade de colocar a mão na massa vai ficar apaixonada por uma DCM, seja ela qual for. Depois, quem sabe se a paixão não vira um negócio? A Flavinha começou assim.

        Um cheiro,

        Claudinha.

        ___

        Obs: Teremos posts diários essa semana, isso se vocês não se encherem de me ouvir falar sobre festas a semana inteira. Recebi as fotos oficiais depois que concluí este post e estou doidinha pra compartilhá-las com vocês.

          posted by Feito a Mão in convidada especial,DCM,Faça a festa você mesma,festa infantil and have Comentários (46)

          Festa infantil tema Pizzaria. Convidada especial: Érica Serra, do Scrapaper by Erica


          Não me lembro mais como cheguei ao blog da Érica. Mas não me esqueço da impressão que ele me causou. A ponto de lhe ter deixado um longo comentário no post da festa de Lanchonete da Gabi. Não disse que ele me impressionou? Lembro até o primeiro post que vi e comentei!

          E como disse à Érica, naquela ocasião, ela tem um bom gosto e talento inacreditáveis. Cada peça é única e exclusiva, não parece ter sido feita em série. Dá para sentir o carinho que emana de seu trabalho. Difícil de encontrar em quem trabalha com isso profissionalmente. Parece coisa de mãe. Além do que, a Érica tem mãos mágicas: mexe com feltro, scrap, lembrancinhas e decoração para festas.

          É ela própria quem nos conta sua história, como nossa convidada especial de hoje.

          Scrapaper by Erica

          “Bem, a minha história com as mãos vem desde a infância. Sou filha de uma mulher com mãos para todas as artes e neta de uma avó costureira e de um avô que fazia sapatos manualmente. Minha primeira máquina de costura (aquela da Estrela) confeccionou meu primeiro vestido (aquele da abertura da primeira versão da novela Ti ti ti), quando eu ainda tinha uns 8 anos, mais ou menos… Depois aprendi a costurar numa maquina antiga, e nela segui até ganhar minha primeira maquina elétrica, aos 15 anos. Fui fazer faculdade de Fisioterapia (pura arte com as mãos), fiz mestrado, lecionei… Mas com o nascimento da minha primeira filha, a Maria Fernanda, descobri que nascia com ela minha inspiração, a verdadeira mudança na vida de uma mulher… eu sei que vocês sabem do que eu estou falando! Fui aprender a fazer Scrapbooking e ao mesmo tempo precisei deixar a profissão de lado, graças à primeira expatriação de meu marido pela empresa.

          Fomos morar em Santiago, no Chile, e lá coloquei em prática o que aprendi com o Scrap, pois ainda era uma novidade entre eles. Aceitei algumas encomendas, mas eram feitas por pessoas conhecidas, e as encarava sem pretensões de transformar isso numa profissão.

          Quando regressei ao Brasil engravidei da minha gatinha mais nova, a Ana Gabriela, e usei minhas inspirações para o seu enxoval. Enfim, continuava aceitando encomendas de familiares, mas como saber se deveria investir energia no projeto da Scrapaper ou retornar para a Físio. Então em uma de minhas orações realmente pedi um sinal para aquele que é o Dono da minha vida. No dia seguinte recebi a ligação de uma antiga cliente, a qual me pediu um álbum para presentear uma amiga. Entendi aquilo com o meu sinal: o atelier merecia minha energia!

          Assim inicia a minha história com a Scrapaper. A minha irmã me deu a dica do blog e acreditei que seria um canal importante para encontrar clientes. Nunca imaginei que pudesse dar tão certo! Recebia contatos e pedidos de orçamento, mas o grande volume aconteceu após a Festa da Pizzaria da Maria, produzida em abril de 2010. Fiz esta festa para a Maria Fernanda e não imaginava que a partir dela passaria a ser contratada para criar e produzir festas.

          002 003 006 007 008  015 016
          Usei praticamente tudo que eu já tinha em casa, desde o estrado da cama para painel de fundo, às assadeiras de pizza que foram sobre a mesa, uma antiga colcha branca, enfim… foi realmente uma festa feita nos 45 do segundo tempo! A festa foi um sucesso! Fui premiada com a publicação dela em vários blogs, dentre eles o Alguma Bossa, importantíssimo para a divulgação do meu trabalho. Depois disso tive a grata surpresa de ver fotos de trabalhos meus estampando os mais diferentes blogs, revistas…011

          Hoje o blog tem mais de 500 seguidores, o que para mim é mais do que uma surpresa! Nunca tive a pretensão de chegar a isso, pois para mim tudo isso é feito com o maior prazer do mundo. Sou eu quem faz todo o trabalho, desde a confecção das toalhas, colar etiquetas, TUDO! Gosto de cuidar de cada detalhe como se o produto fosse feito para mim, para minhas filhas… A filosofia do atelier sempre foi dar vida a novas ideias, e dar uma identidade a elas. Cada produto é único e feito com muito carinho…

          Estou usando o verbo no presente, mas o deveria fazer no passado… O atelier está esperando um novo rumo, já que vivo nos EUA há quase 3 meses. Ainda recebo pedidos de orçamento e conto com o retorno de antigas clientes, porém ainda não sei qual o caminho tomar. Bem, enquanto isso não acontece, sigo acreditando que a nossa vida é uma caixinha de lindas surpresas e que o sonho deve prevalecer sempre. Aceitar os planos de Deus ainda é a melhor maneira de encontrar a felicidade! Um beijo grande a todas vocês e lembrem-se que até um simples copo de vidro pode se tornar um vaso de cristal, dependendo de quem o usa e de quem o olha!

          Erica
          Scrapaper by Erica

          Érica, como eu lhe disse no e-mail que trocamos, a Mariana ficou realmente encantada com a Pizzaria da Maria. Não teve jeito de eu convencê-la a usar um tema da Disney em seu próximo aniversário. Eu queria ter aproveitado a viagem para trazer alguns personagens, mas ela estava resoluta: queria uma festa de pizza. Se ela não mudar de ideia daqui para outubro, provavelmente me inspirarei em você para criar uma festa original, alegre, divertida e exclusiva como esta que você compartilhou conosco.

          Parabéns pelo trabalho artesanalmente perfeito e boa sorte na nova etapa de sua vida. Não tenho dúvidas de que logo, logo, você terá clientela cativa entre as americanas. Deixa só elas conhecerem seu talento!

          Obrigada por ter aceitado meu convite. Sua festa vai servir de inspiração a muita gente. O melhor é que é um tema neutro, adequado tanto para menino quanto para menina. E até para marmanjos.

          Cláudia.

            posted by Feito a Mão in convidada especial,Faça a festa você mesma,festa infantil and have Comentários (29)