Archive for the 'digital scrapbooking' Category

Personalizando o material escolar para uma volta às aulas em grande estilo


Antes de começar a escrever o post de hoje, eu gostaria de agradecer as manifestações de apoio que recebi de vocês.

Escrever um blog seria uma tarefa solitária, se não houvesse esse feedback. Vocês podem ter certeza de que cada comentário daqueles é responsável pela permanência aqui. Claro que gosto de ajudar, compartilhar, trocar ideias, mas gosto muito mais de conhecer pessoas com quem eu tenha afinidades. Quanto a isso, o blog tem me ajudado muito. A maioria de nós tem uma rotina bem corrida: casa, trabalho, filhos, cuidados pessoais, mas nem por isso se conforma em levar uma vida em preto e branco. Queremos cor, queremos vida, queremos dar um tom mais alegre às nossas experiências e às experiências de nossos entes queridos. Queremos uma vida plena e gorda, no sentido mais amplo da palavra, certo?

Pois bem, todos os anos eu gosto de dar um toque personalizado ao material escolar das minhas filhas. Faço isso porque eu me lembro do quanto eu curtia o cheiro de livros novos quando era criança (ainda adoro!). Isso me traz boas recordações do quanto eu ficava ansiosa e cheia de expectativas na véspera da minha volta às aulas, nem conseguia dormir direito.

Em anos passados, fiz capa de caderno em EVA, depois capas de cadernos em digital scrapbooking usando papel adesivo, bordei toalhinhas em ponto cruz e criei etiquetas temáticas. Neste ano, quis fazer algo mais durável e com acabamento melhor.

Descobri o site Digipix quando ainda estava fazendo o fotolivro de aniversário de 10 anos de casamento, lembram? Recentemente, descobri também suas opções de fotopresentes. Foi então que resolvi personalizar totalmente os cadernos e agendas escolares da minhas pequenas.

Cadernos

Como eu estava com pouco tempo disponível para criar layouts novos, resolvi usar páginas que eu já tinha salvado quando fiz o mini álbum em scrap híbrido para o dia dos pais de 2009.

Eu não sei quanto a vocês, mas eu costumo salvar todos os meus layouts em PSD, vai que eu queira reutilizá-los com outras fotos depois? E foi exatamente o que aconteceu.

E assim, nasceram os cadernos da Mariana e da Clarinha, usando o “A Pocket Full Of Posies Kit”, by Katie Castillo.

DSC01726

DSC01742

DSC01727

DSC01728 

Agendas escolares

Quanto às agendas escolares, mudei um pouco o estilo de propósito, já que elas não precisavam ser iguais aos cadernos. Ao contrário: era mesmo interessante que se destacassem do restante do material.

Para a agenda da Clara, criei uma composição usando o kit com 3 Retalhos, da Priscila Rocha.

DSC01731

DSC01732 

Já para a agenda da Mariana, usei um layout que eu já tinha montado antes, quando fiz o convite em scrap híbrido para o seu aniversário de 5 aninhos. usando o kit Minnie, da Just so Scrappy, da Katie Castillo – que atualmente está fora do ar.

DSC01740

DSC01741

Calendários de mesa

Empolguei-me com a produção e resolvi aproveitar o frete, criando algo que me fizesse lembrar as minhas preciosidades, enquanto elas estivessem em aula e eu trabalhando. Como se por acaso eu as esquecesse algum momento! Fiz dois calendários de mesa: um para mim e outro para o Mário.

DSC01733 DSC01734

Para os calendários, usei Quick Pages (Layouts Prontos) da Crazy 4 Monograms, mas preciso admitir que não salvei o nome do kit. Como o baixei há mais de 6 anos, não consegui localizá-lo na internet. E olhe que busquei por mais de meia hora, consultando até os termos de uso do kit! Bem, valeu a intenção e aqui fica a dica. Visitem o site indicado e vocês encontrarão outras lindas QP que podem ser adaptadas a qualquer ocasião. Falta de inspiração não é mais desculpa.

DSC01735 DSC01736

A meu ver, as QP estão para o scrap digital como os bolos de caixinha estão para a culinária. Todo mundo prefere fazer seu próprio bolo, é claro – é mais saudável, mais gostoso e mais fresquinho – mas não há quem não tenha recorrido, ao menos uma vez na vida, a um bolo de pacote, num dia daqueles em que o tempo parece voar ou quando estava começando a aprender a cozinhar.

DSC01737

Na página de dezembro, resolvi usar uma QP natalina usando um freebie chamado 4 x 6 brag book page de Merry and Bright, GottaPixel.com. Não consegui localizar o link exato do freebie, provavelmente porque ele não está mais disponível para download. Como o anterior, este kit eu já tinha em meu PC há muitos anos.

DSC01738 

A vantagem de criar os próprios calendários é que dá para destacar as nossas datas mais importantes. Registrei todos os aniversários dos nossos familiares (pais, irmãos, cunhados, filhos e sobrinhos), além, é claro, de nosso aniversário de namoro e casamento. Quero ver Mário esquecer uma data agora! rsrs

DSC01739

Enfim, em apenas uma manhã de sábado eu criei todos esses itens. Claro que facilitou muito o fato de eu ter usado páginas criadas e salvas anteriormente, além de algumas quick pages, mas o que eu quero mostrar é que falta de tempo ou de criatividade não é desculpa para não ousarmos fazer algo mais significativo.

Saiamos da nossa zona de conforto, de vez em quando. O resultado pode ser muito compensador.

Um bom retorno às aulas para as nossas crianças e tenhamos todos uma excelente semana,

Claudinha.

    posted by Feito a Mão in digital scrapbooking,educando filhos,foto e scrap,fotografia and have Comentários (47)

    A formatura do ABC da minha pequena


    Recebi um e-mail da leitora querida, Luciana Sayão, estranhando minha ausência. Foi só aí que percebi que já fazia mais de duas semanas que eu não aparecia por aqui! Nem me dei conta de que já tinha passado tanto tempo.

    Estive tão ocupada com outros projetos que mal tive tempo de respirar. Dormir mais de 5 horas por noite, então? Puro luxo!

    Vocês já sabem o quanto o mês de dezembro pode ser corrido para qualquer um, não? Imagine se o sujeito ainda abraça outros compromissos além daqueles normais dessa época? E eu, quando me comprometo com algo, vou até o fim.

    Minha caçula concluiu sua primeira etapa discente: formou-se no ABC no último dia 13. Eu me voluntariei para elaborar as lembrancinhas da turma e montar a arte para imprimir na camiseta que a turminha usou na festa do buffet.

    Além disso, fiz uma vídeo retrospectiva com fotos tiradas desde o primeiro dia de aula na pré-escola. O trabalho maior foi coletar as fotos junto a todas as mães e agrupá-las de acordo com o ano e ocasião.

    Foi o suficiente para me manter ocupada por uns 15 dias, pelo menos. É uma pena que eu não possa compartilhar o resultado final, por questões de segurança, já que na maioria das fotos as crianças estão de farda.

    Resolvi fazer uma lembrancinha simples, que tivesse a ver com o momento comemorado. Pensei em montar um kit de material escolar e acabei optando por um kit de pintura, que servirá para entreter as crianças durante as férias. O kit foi composto por uma tela e um estojo de aquarela com pincel.

    ABC

    O diferencial ficou por conta da embalagem, feita nos tons da festa (e da etiqueta nominal, criada com o kit School Days, da Just so Scrappy. Embalei com saco plástico transparente, uma folha de papel seda amassado e um laço de fita TNT. Os meninos receberam a embalagem na cor azul.

    Usei o mesmo kit para fazer a arte das camisetas que as crianças usaram no salão de festas, dois dias após as solenidades oficiais.

    abc2 (Borrei o logo da escola, de propósito).

     

    A decoração da mesa do buffet já estava inclusa no pacote e foi muito feliz na escolha dos tons. A combinação ficou alegre e cheia de vida.

    abc3 A mesa foi montada pelo pessoal da Criativitá.

     

    Acima da mesa, o telão exibia a vídeo retrospectiva durante toda a festa.

    abc4Detalhes: cupcakes e bolo temático. Mesas dos convidados com capas de cadeiras coloridas e vista geral do salão.

     

    Para identificar cada mesa, um display com fotos do “formando”:

    abc5

    E foi por isso que estive ausente. Vocês me perdoam?

    Para encerrar o post de hoje, gostaria de compartilhar uma linda música do Toquinho, que me faz pensar no quanto o tempo passa rápido! Parece que foi ontem que eu fazia o post da formatura do ABC da Clarinha! Agora é fato: eu não tenho mais filha nenhuma na pré-escola! Sei não se estou preparada para isso…

     

    Na segunda eu volto, com meus votos de um feliz natal.  Preciso agradecer a companhia de vocês durante mais um ano de existência do blog com todo o carinho de que sou capaz. Não dá pra misturar os assuntos. Até lá!

    Cheiro enorme pra todo mundo e um ótimo final de semana!

    Claudinha

     

    ___

    Para saber mais:

    Como fazer uma vídeo retrospectiva

    Digital scrapbooking para iniciantes

      posted by Feito a Mão in centro de mesa,decoração,digital scrapbooking,festa infantil,foto e scrap and have Comentários (18)

      Inspiração para festinha de formatura do ABC


      Minha filha caçula está para concluir a antiga alfabetização, hoje primeiro ano. Com a proximidade de sua formatura no ABC, andei pesquisando algumas ideias para incrementar sua festinha.

      Como tenho recebido e-mails e comentários de outras mães que estão na mesma fase, resolvi compartilhar algumas das melhores ideias que já selecionei.

      Todas as fotos abaixo estão vinculadas à URL original. Basta clicar sobre cada uma delas para chegar até o site que as produziu ou divulgou.

      Kits digitais

      Selecionei alguns kits digitais para utilização em convites, personalizados, tags, customização de lembrancinhas etc. Pois, a partir do kit escolhido, farei a identidade visual da festa.

      MG – Mygrafico Digital Arts & Craft Store

      BDbaseballOi_Back_to_school

      GAFbacktoschoolrevidevi_OwlSchoolArtPartykellymedina_backtoschool_preview    

      Armazém Criativo

      eb3a1bf1a5421f8d1e3dd1526f829380_image_400x400cd93ec4e6d3e549da4633a966487d389_image_400x400

      Just so Scrappy

      7f2e46db27d5f8f8135fe5a4aa885ec2_image_300x300  

       

      Moldes para usar na silhouette

      Como tenho notado que muitas de vocês possuem uma silhouette, separei alguns modelos de cortes que poderão ser aplicados em caixas de docinhos, lembrancinhas e marcadores de livros (que muito bem podem servir de lembrancinhas ou até mesmo de convites).

       image

       

      image

       

      image image image image

      De onde vieram esses, tem muito mais. Aqui.

       

      Inspiração para decoração da mesa

      Geralmente a escola promove uma festa coletiva. Mas justamente por ser coletiva, muitas vezes recebemos pouquíssimas senhas. Minha família é muito grande e nem todos poderão comparecer às comemorações oficiais, por causa da limitação de número de convidados. Estou pensando em preparar um pequeno jantar, com uma bela mesa temática de doces, logo após as solenidades da formatura. As ideias abaixo servem de inspiração

      Party Pinching

      cache_3360049104

      Amy Atlas 

      Nesta mesa o que mais me chamou a atenção foram os cupcakes e os cakepops. Tem muito mais fotos no site original.

       

      FREEBIES

      Além dos kits digitais, selecionei também alguns freebies, para aquelas que ainda não têm muita familiaridade com programas de edição de imagem. Os freebies já vêm prontos para impressão.

      Back to School Party and Printable Goodies – Bird’s Craft

      back to school party printables party

      E por falar em freebies, o Living Locurto relacionou mais de 50 printables totalmente grátis, todos relacionados ao tema volta às aulas, que pode muito bem ser adaptado a uma festinha de formatura de pré-escola.

      Back-to-School-Free-Printables

      Sobre volta às aulas, o The Celebration Shoppe tem mais de 5 páginas, todas com ótimas ideias adaptáveis à realidade brasileira, como esta da foto abaixo. 

      Back-To-School-Elmers-Glue-Craft-170x300

      E o que dizer desta festa linda, retirada do Hostess with the Mostess?

      photo_85838_view_album_large

      book-exchange-dessert-table 

      Guloseimas

      O site da Bakerella tem sempre ideias criativas e originais. Recentemente eu comprei seu livro sobre cakepops e fiquei impressionada com sua capacidade de utilizar elementos do nosso cotidiano em situações diferentes daquelas para as quais foram projetados.

      Esse pencil push up pops é um bom exemplo disso. Já vi desses injetores por aqui no Brasil, mas nunca pensaria em transformá-los em lápis! Clique na foto para chegar ao passo a passo (em inglês).

      7723058332_f1289ff81c_o

      Do mesmo site, são também os apple cake pops e os capelos de formatura abaixo. Tudo a ver com o tema pré-escola.

      3806069939_3c4c926605_o 

      3498563887_f49f61103a

      Quem tiver dificuldades com o inglês, pode se valer do google tradutor.

      Essas foram as ideias que eu selecionei. Se vocês tiverem outras a acrescentar, agradeceria se colocassem o link nos comentários. Além de me ajudar, ajudariam a muitas outras mamães que estão querendo fazer algo personalizado e caprichado para esta que é uma das ocasiões mais especiais da primeira infância.

      Boa semana a todos!

      Cláudia

        posted by Feito a Mão in cupcakes,decoração,digital scrapbooking,Faça a festa você mesma,festa infantil and have Comentários (29)

        O convite da festinha de matrioskas


        Falta menos de um mês para a festinha da Mariana e vocês devem estar estranhando a falta de posts sobre o assunto. Em outros anos, nessa época, já havia pelos menos uns 6 ou 7 posts sobre o assunto.

        Não é que eu esteja querendo fazer suspense, de modo algum, vocês já me conhecem o suficiente para saber que não sou disso. Acho uma bobagem tremenda pensar assim. Ainda mais quando se trata de um evento tão pequeno e íntimo.

        Bem, a verdade é simplesmente que andei muito ocupada com o meu trabalho ultimamente e, apesar de já estar fazendo muitas coisinhas da festa, quase nada está concluído. E gosto de mostrar cada projeto do começo ao fim.

        Finalmente acabei o convite. Para ser bem franca, este post não tem como finalidade principal ensinar um passo a passo, mas contar como nasceu a inspiração desse projeto e todos percalços que tive de enfrentar em sua execução.

        Muitas vezes eu leio comentários de mães de primeira viagem, que se dizem sem jeito para artesanato, ou sem inspiração para criar. Quando a gente acompanha um blog de festas ou de artesanato, pode ficar com a ideia errada de que todas aqueles projetos nascem espontaneamente e são executados sem dificuldade alguma. O que nem sempre é verdade.

        Fazer uma festinha a mão, sozinha, requer um bocado de trabalho, planejamento e organização. Nem sempre fazer tudo em casa vai sair mais barato que encomendar a um profissional especializado. Então, eu não recomendo que ninguém enverede por esse caminho se sua única motivação for fazer economia.

        Muitas vezes, quando estamos desenvolvendo um projeto original – assim entendido como algo feito em primeira mão, não copiado de outro já pronto – estamos sujeitos a erros, desperdício de material, retrabalho, gasto de tempo para contornar os obstáculos pelo caminho, enfim, nem sempre as coisas saem como imaginávamos e é preciso ter disposição, paciência e persistência para conseguir chegar ao fim.

        Com esse convite aconteceu exatamente isso. Vendo agora, já prontinho pode não parecer, mas foi o convite mais difícil e trabalhoso que eu já fiz.

        A concepção do projeto nasceu da própria essência do brinquedo matrioska: uma bonequinha contendo outra e assim por diante. Eu queria que o convite expressasse essa ideia. Queria fugir daqueles tradicionais convites impressos em papel.

        Após toda trabalheira e alguns custos não previstos, posso dizer que estou muito orgulhosa de mim mesma, mais pela perseverança que pelo resultado em si. Vocês vão entender do que estou falando quando acompanharem a odisseia abaixo.

        1ª tentativa

        Conversando com Clarinha e Mariana, minhas maiores fontes de inspiração, surgiu nossa primeira luz: uma matrioska de papel com bolsos, onde fossem colocadas as matrioskas menores.

        Clarinha chegou a fazer um croqui do convite, vejam só como ela é jeitosa:

        image

        Eu até cheguei a reproduzir um protótipo, usando o mesmo kit digital que estou usando nesta festa, mas não me agradei do resultado.

        image

         

        Como as matrioskas do kit não tinham bolso, o bolso que eu improvisei nunca ficava bem cortado, o acabamento do verso da matrioska não ficou legal. Tentei fazer o convite em formato aberto, como um cartão, e também não gostei do resultado. A ideia era excelente, mas a execução não ficou a contento.

        Fica a dica para as mais jeitosas e pacientes.

        Desisti desse modelo e parti para o segundo.

        2ª tentativa

        Pensei em fazer um chaveiro com as matrioskas, impressas em papel couchê ou outro de gramatura mais alta.

        Comprei um cordão de bolinhas de metal, usado em chaveiros, e várias trancas individuais, como esta que aparece abaixo. Minha ideia era prender as cinco matrioskas de tamanhos diferentes, contendo no verso de cada uma um trecho do texto do convite.

        Convite festa Matrioska

        Na minha pressa de concluir o projeto, imprimi as matrioskas em papel linho, gramatura 180g/m², na minha impressora caseira, jato de tinta. Cortei todas, antes mesmo de fazer um teste para ver se dava certo. Cheguei a ficar com calo no polegar direito!

        Convite festa Matrioska

        Só depois fui quebrar a cabeça para ver como faria o texto no verso de cada uma.

        Cada matrioska deveria conter uma informação:

        A maior, avisaria da festinha para comemorar o 7º aniversário da Mariana; a segunda, informaria o lugar; a terceira, a data e a hora; a quarta indicaria nossos telefones (já que a festinha será apenas para crianças) e a última se despediria carinhosamente.

        Imprimi o texto num papel autocolante, recortei e tentei unir as duas peças, depois de cortadas. O acabamento não ficou bom, para variar.

        Novamente, meu erro foi na execução. O que me leva a concluir que desenvolver um projeto sob forte estresse não é uma boa. Eu estava com muito trabalho, poucas horas livres e pouca paciência para coisas melindrosas. Dizem que a criatividade nasce do ócio. Eu não tenho a menor dúvida.

        Acabei desistindo dessa ideia também, com uma peninha danada!

        3ª tentativa

        A terceira alternativa surgiu quando vi o convite que a Katinha, do Casos e Coisas da Bonfa fez para o aniversário dela. O convite ficou fantástico e fiquei morrendo de vontade de adaptar o projeto ao tema da festinha da Maricota.

        image

        Katinha gentilmente me cedeu o modelo do envelope e eu me pus a quebrar a cabeça, para fazer o convite usando matrioskas.

        Só que a graça e o charme desse modelo estão justamente na composição do visual da boneca, que muda de traje à medida em que o convite é puxado.

        Como as matrioskas mudariam de tamanho, em ordem decrescente, eu não consegui o mesmo efeito. A janela do envelope teve de ficar maior e as matrioskas iam aparecendo, sem conexão alguma com a parte externa, como acontecia com o convite da Katinha.

        Convite festa Matrioska

        Até que ficou bonito, mas não teve o impacto visual que eu buscava. Usei uma frase bacana, que pretendo usar num porta-retrato, na mesa da decoração: Menininhas são lindas do lado de fora e mais lindas ainda do lado de dentro.  Vi uma frase similar numa festa dum site estrangeiro, só que em inglês. As faixas coloridas contendo qualidades infantis iam provando o que eu queria dizer.

        Era para ser uma surpresa, cada matrioska desvendando uma qualidade específica, mas eu – mais uma vez – não consegui executar a ideia que estava na minha cabeça.

        Tentei fazer o convite num formato de circular, com vários campos vasados, um para aparecer a matrioska e outro para a qualidade (sinceridade, pureza, alegria, etc.). Mas não fui muito longe.

        4ª tentativa

        Já desesperada, sem conseguir executar nenhuma das ideias mirabolantes que eu pretendia, resolvi apelar ao bom e velho tradicional convite impresso.

        Convite festa Matrioska

        Estava com a arte pronta para levar à gráfica, para que o acabamento ficasse melhor, já que o convite seria tão simplório, quando tive um estalo de inspiração!

        A essas alturas, a fase complicada do meu trabalho já havia passado, minha rotina estava mais ou menos normalizada e meus neurônios começavam a funcionar com mais calma e coerência. Foi então que voltei à minha segunda opção de convite. Achei que tinha descoberto um jeito de fazer dar certo.

        5ª tentativa

        O que me desagradou na segunda opção de convite foi a execução. Ou seja, a ideia era ótima, mas eu precisava encontrar um jeito de executá-la melhor.

        Concluí que eu tinha de fazer a impressão frente e verso, para não ter que imprimir em dois papéis diferentes e recortar tudo depois de colado.

        Olha a complicação! Como eu havia disposto as matrioskas em diversas posições, para aproveitar ao máximo a área de impressão do papel, o texto deveria ser escrito de frente, de cabeça pra baixo, de um lado, de outro. Como fazer isso? Como fazer coincidir perfeitamente o texto do verso com a impressão da frente?

        Coloquei o máximo de matrioskas num arquivo do tamanho de uma folha de papel A4. Couberam 10. O suficiente para fazer 2 convites. Cada matrioska seguinte foi redimensionada na escala de 85% da anterior.

         Convite festa Matrioska

        Depois do arquivo feito, criei o texto do convite, sobre a camada das matrioskas (numa camada adicional) usando o photoshop, já que no word isso seria impossível.

        Eu fiz cada trecho do texto em separado, depois girei quando necessário (vejam que algumas bonecas estão de cabeça pra baixo ou na lateral) para que ele casasse com a bonequinha correspondente. Não podia ficar uma só letrinha fora do campo.

        Depois do texto pronto e ajustado, espelhei a camada das matrioskas, para que ela ficasse invertida horizontalmente, já que a frente deveria corresponder ao verso do papel, deu pra entender?

        Fiz um teste na minha impressora. Imprimi os dois arquivos, separadamente. Primeiro a frente, virei o papel, coloquei de volta na impressora e imprimi o verso em seguida. 

        Voilá! Consegui o efeito que buscava!

        Salvei os dois arquivos (frente e verso) num pen drive e fui à gráfica, pois verifiquei que a impressão a laser ficou muito mais vívida que a impressão a jato de tinta da minha impressora caseira.

        Usei as fontes: Wendy LP Std Medium e Jokerman.

        image

        Vejam como ficou a impressão do lado do texto:

         Convite festa Matrioska

        No lado oposto, estavam as matrioskas, numa sincronia perfeita!

        Convite festa Matrioska

        Depois disso, pus-me a cortar – de novo – quase duzentas matrioskas. Paguei todos os meus pecados, podem crer!

        Convite festa Matrioska

        E quando pensei que meus problemas haviam terminado, tive outro contratempo. Cada matrioska deveria ser furada para que o cordão passasse por elas. Para que o furo fosse feito sem estragar as bonequinhas, pensei em usar ilhoses de scrap.

        Esses ilhoses são carinhos, pois são feitos especialmente para o uso em papel. Eu bem que tentei comprar ilhoses de costura comum, mas são muito duros para envergar em casa, sem uso de uma prensa.

        Pela internet, comprei ilhoses do tamanho mini. Eu os testei no cordão antes de aplicá-los e parecia que tudo estava bem. Só que não considerei que depois de amassados seu diâmetro diminuiria. Testei em várias bonequinhas e nada. Depois de aplicados os ilhoses, o cordão não entrava!

        Convite festa Matrioska

        Tive de encomendar outros ilhoses de tamanho médio às pressas. Graças a Deus, a loja entregou em menos de 76 horas e pude concluir meus convites no feriado do dia 12, enquanto as meninas se entretinham com seus presentes.

        Por sinal, deixo a dica dessa loja maravilhosa que já utilizei unas 3 vezes, todas sem problemas: Atacado Beija Flor. (Não estou ganhando nada com a propaganda, ok?)

        Vejam a diferença do tamanho dos novos ilhoses:

        Convite festa Matrioska

        Cortei o cordão em pedaços de 10 cm, e apliquei a fechadura que comprei em lojas de artigos para bijuteria, que mostrei logo mais acima.

        Para aplicar os ilhoses, acabei usando um alicate especializado. Tinha comprado também estas ferramentas que aparecem na foto abaixo, mas como fiz a maior parte do trabalho à noite, não quis incomodar meus vizinhos, com o barulho de marteladas.

        Convite festa Matrioska

        O resultado me deixou satisfeita. O corte das bonequinhas ficou bom, a impressão ficou vívida, o texto ficou ajustado à silhueta de cada bonequinha, os furos foram feitos sem estrago, os ilhoses foram bem aplicados e o cordão pôde correr  frouxo por eles.

        Convite festa Matrioska

        Convite festa Matrioska

        Cada convite seguirá com um lacinho de fita, onde será colada uma etiqueta com o nome de cada convidado e uma matrioska minúscula na ponta. Ainda não me decidi se o laço será dado diretamente no cordão ou num saquinho plástico, no qual o convite seguirá dentro. O que vocês acham?

        Convite festa Matrioska

        A tranca do cordão deu um acabamento mais profissional à peça, na minha humilde opinião.

        Convite festa Matrioska

        O que aprendi com isso tudo?

        É preciso ter paciência e esperar que as coisas se arrumem. O que é nosso está guardado, não adianta tentar fazer tudo do nosso jeito, quando a hora não é adequada. No devido momento, tudo se resolve e pode sair melhor que o esperado. Muitas vezes, os contratempos são necessários para nos fazer abrir a mente para novas opções.

        Posso aplicar essa pequena lição a qualquer coisa nessa vida. Especialmente na fase que estou vivendo, parece que recebi um recado divino por meio dessa experiência.

        É que eu fico procurando tirar pequenas lições de tudo o que me acontece, porque encaro até as coisas mais banais como um desafio que me fará evoluir. Deus nos fala a todo instante, de todo jeito e forma, basta estarmos atentos.

        Eu desejo a todos uma excelente semana, cheia de graças e realizações!

        Cheiro grande,

        Claudinha

         

        PS: Meus parabéns a todos os professores que passarem por aqui hoje. Estou, neste momento, assando biscoitos para presentear os mestres das minhas filhotas, a quem tenho muito a agradecer. Os presentinhos que bolei mostrarei noutro post. Sabe como é, ou assovio ou chupo cana…

          posted by Feito a Mão in digital scrapbooking,festa infantil,passo-a-passo and have Comentários (86)

          Garrafinhas recicladas decoradas com scrap híbrido – Um lindo centro de mesa para festas


            garrafinhas decoradas recicladas7

          Bom dia, pessoal!

          Hoje eu queria compartilhar com vocês uma dica genial que vi há alguns anos no blog Salada da Vida. Achei a ideia tão fantasticamente criativa e original que desde então venho acumulando garrafinhas de schweppes, meu refrigerante favorito, para poder colocá-la em prática na primeira oportunidade. Finalmente chegou a hora de usá-las.

          garrafinhas decoradas recicladas

          Ontem foi meu aniversário. Resolvi comemorar a data numa reunião com a família e alguns amigos mais chegados aqui em casa, na noite anterior. Só que resolvi tudo muito em cima da hora, na segunda-feira. Ou seja, tive menos de seis dias para programar a festa inteira, o que significa que tive de simplificar os detalhes e delegar muita coisa que normalmente eu faria em casa.

          Para complicar, quando voltei de viagem (com um dia de atraso, pois nosso voo original foi cancelado, sem satisfações) sofri um pequeno acidente de carro, fiquei sem empregada por uma semana, passei a substituir meu chefe no trabalho, que estava de férias. Quer dizer: trabalhando por dois, acumulando minhas funções e as dele, fiquei quase sem nenhum tempo livre pra organizar os comes e bebes da festinha, sem falar que Clarinha estava em provas bimestrais e cheia de tarefas atrasadas pra colocar em dia.

          Minha cabeça estava uma loucura! Realizar essa festinha foi quase um ato de insanidade, mas decidi que eu merecia esse agrado. Talvez porque eu nunca comemoro meu aniversário, de repente, senti uma vontade enorme de juntar alguns amigos e demonstrar o quanto prezo sua companhia. O fato é que esta foi a terceira vez na vida, em 38 anos, que festejei meu aniversário, uma raridade! Foi uma noite agradabilíssima e fico feliz por ter feito isso.

          Para fazer as garrafinhas, vocês podem seguir o passo a passo publicado no Salada da Vida, ou acompanhar o meu passo a passo a seguir, que é baseado no original.

          Além das 6 garrafinhas usadas como enfeite de mesa, fiz algumas a mais para distribuir como lembrancinha individual.

           garrafinhas recicladas

          Garrafinhas decoradas

          Material:

          garrafas de vidro recicladas

          água e sabão

          papel autocolante

          tesoura

          papel linho ou semelhante de gramatura entre 160-200g

          ráfia de palha

          continhas coloridas

          cristais d´água em gel para decoração em cores variadas e água para hidratá-los

          1. Lave bem as garrafas, para retirar cola ou marcas de carimbos de lote e data de validade;

          2. Imprima imagens de kits de scrapbook, a seu critério, em papel autocolante. (Todos os kits que eu utilizei foram de autoria da Kate Hadfield);

          3. Recorte as imagens e cole-as nas garrafinhas;

          4. Crie e imprima cartões personalizados, usando os mesmos kits dos rótulos, ou outros que combinem entre si, em papel de maior gramatura. Eu usei o papel linho de 180g, branco;

          5. Recorte os cartões e faça um furo com o furador para prendê-los às garrafas;

          6. Hidrate os cristais, conforme instruções da embalagem. Você os encontrará em lojas de artesanato ou de flores artificiais. Dê preferência às esferas menores, para facilitar a passagem pela boca da garrafa, as maiores dão mais trabalho e ocasionalmente se rompem;

          7. Encha as garrafas com os cristais hidratados, alternando as cores, a seu critério. Cuidado para não manchar as imagens que colou no rótulo! Se preferir, deixe para colar as imagens depois dessa etapa;

          8. Amarre o gargalo da garrafa com ráfia de  palha, prendendo o cartãozinho e enfeitando com continhas coloridas.

          Usei como centros de mesa…

          garrafinhas decoradas recicladas - centro de mesa

          … e também como lembrancinhas individuais.

           garrafinhas decoradas recicladas - lembrancinha  garrafinhas decoradas recicladas - lembrancinha3

          Além das garrafinhas acima, fiz cupcakes de chocolate, usando a mesma receita imbatível que já repeti tantas e tantas vezes em outras festinhas e que já mostrei a vocês aqui. A cobertura, feita com ganache de chocolate, foi ensinada pela querida Juliana Dutra, do Doceria da Naná, neste post aqui. Eu mudei um pouquinho a receita original, para me adaptar aos ingredientes que tinha no armário. Usei chocolate meio amargo Nestlé ao invés do Garoto e no lugar de chocolate ao leite, usei 2 barras de chocolate ovomaltine da Hershey. Ficou fantástico! Os floquinhos de arroz estalavam a cada mordida. É bom saber que a receita dá certo mesmo com outras marcas de chocolate.

          cupcakes de chocolate

          Em junho do ano passado, eu participei de uma troquinha com as meninas do Die Cut & Cia. Naquela ocasião, recebi da Elizinha, entre outras coisas, os wrappers para cupcakes cortados em sua cricut. Adorei e pensava em utilizá-los no aniversário da Clarinha, neste ano, mas o mundo dá voltas…

          As peças em MDF que aparecem nas fotos acima foram alugadas na Alana, do Fazendo a Festa. Virei sua mais nova cliente.

          Enfim, foi tudo muito simples, feito em cima da hora, mas com muito carinho. Prova que dá pra a gente organizar rapidamente uma festinha e ainda assim fazer algo personalizado.

          mesa

          Gostaria de agradecer aos muitos recados que recebi no dia de ontem pelo facebook e pelo e-mail. Foi tão gostoso! Sinceramente, meu dia ficou mais especial e inesquecível.

          Agradeço a Deus por mais este um ciclo, pela experiência que acumulei até aqui, pelas pessoas especiais que Ele tem colocado em meu caminho, por tudo de bom que me aconteceu e até mesmo pelas dificuldades que enfrentei, pois elas fizeram de mim a pessoa que sou hoje.

          Agradeço ainda a vocês pela companhia, pelo tempo dedicado à leitura dos meus posts, pelos comentários valiosos que muitas vezes me fazem ganhar o dia, pelo estímulo frequente que recebo por meio das palavras carinhosas ditas por quem parece me conhecer há anos, embora nunca tenha me visto na vida, e  pela compreensão nesses últimos momentos de ausência. Vocês com certeza fizeram deste meu último ano um ano muito rico e especial.

          Tenham uma excelente semana!

          Com carinho,

          Claudinha

            posted by Feito a Mão in artesanato,centro de mesa,comidinhas de festa,decoração,digital scrapbooking,passo-a-passo and have Comentários (81)