Modelando docinhos de Matrioskas – Passo a passo


Faltam menos de dois meses para a festinha da Mariana e eu ainda não tinha preparado os tradicionais docinhos modelados. Faltava-me tempo, é verdade, mas, principalmente, faltava-me inspiração.

Até que ela surgiu em forma de uma foto que vi no facebook da Terumi Takahashi, que já esteve conosco compartilhando suas obras de arte neste post. Vi a foto da Tê, perdi alguns minutos observando-a e imaginei como faria as minhas matrioskas. Foi o estalo que faltava!

Terumi Takahashi

O problema da falta de tempo foi contornado com o feriadão passado. Usei oito horas do meu sábado modelando os 64 docinhos. Não senti o tempo passar, mas no fim da noite minhas costas e meus bíceps estavam em petição de miséria.

Claro que o resultado não ficou à altura dos docinhos da Terumi, nem era esse meu objetivo. Eu já tinha salvado várias imagens de matrioskas para me servirem de modelo na confecção dos docinhos, mas nenhuma me agradou totalmente, ou não eram bonitas o suficiente, ou pareciam muito complicadas. Eu estava quase desistindo de fazer docinhos modelados desta vez.

Como este assunto tem sido o mais procurado no blog, vou aproveitar para repetir algumas informações essenciais e esclarecer algumas dúvidas que têm surgido de maneira reiterada.

Repetindo: nunca fiz curso de confeitaria, nem pretendo. Meus conhecimentos me servem até onde preciso deles. Portanto, não sou doceira, falo por experiência prática, ok? Não faço ideia de por quanto é possível vender o cento desses docinhos, nem tenho o menor conhecimento sobre estratégias de marketing ou de qual é a melhor forma de ingressar no mercado.

ESSAS dúvidas eu não posso responder, mas vou tentar elucidar outras tantas que recebo por e-mail. Quem estiver interessado em saber mais sobre o assunto, fique à vontade para ler todos os posts marcados com “docinhos modelados”. Em 99% das vezes, as dúvidas que recebo já foram respondidas.

Massa de leite ninho

Ingredientes:

  • 1 lata de leite Ninho instantâneo
  • a mesma medida (menos 3 dedos) de açúcar de confeiteiro – não use o impalpável! – Quanto mais fino o açúcar, melhor o resultado
  • 100ml de leite de coco light 
  • corantes em gel nas cores desejadas

 

Prepare a massa, seguindo todas as instruções deste post AQUI. Leia-o com muita atenção antes de prosseguir, se você está chegando agora.

Não se esqueça: use SEMPRE corante em GEL, leite INSTANTÂNEO e açúcar de CONFEITEIRO. Com isso, sua massa ficará macia, elástica e de fácil manuseio. Mesmo assim, seus braços ainda vão doer muito, vai por mim. E eu nem estou mais sedentária! É que esta massa é muito pesada e cansa mesmo de modelar, ainda mais numa jornada de 8 horas ininterruptas!

docinho_modelado_matrioska

Segredos de precisão

Para obter um resultado mais proporcional, utilize instrumentos de precisão,  balança, para pesar e dividir a massa em partes iguais, e colheres medidoras, para deixar cada docinho do mesmo tamanho.

1. Pesar a massa

Depois da massa pronta, eu a pesei. Rendeu exatamente 1kg. Dividi a massa em 9 partes iguais, pois pretendia fazer 4 modelos de doces.

Tingi assim:

2/9 de massa na cor amarela
2/9 de massa na cor roxa
2/9 de massa na cor pink
2/9 de massa na cor verde

 

docinho_modelado_matrioskas

A parte restante (1/9) eu tingi com um pinguinho de corante laranja, para alcançar uma tonalidade que lembrasse cor de pele, antes, porém, separei um pequeno pedaço e tingi uma parte de preto e outra de laranja, para fazer os cabelinhos das matrioskas.

Eu cheguei a essas medidas, fazendo um modelo com a massa básica, para ter ideia aproximada de quanto precisaria de cada cor. Mostrei o protótipo na foto acima. Com base nessa peça, pude ter uma ideia da proporção que cada cor tomaria da minha massa.

Importante: Enquanto estiver modelando uma parte da massa, seja moldando, ou tingindo, conserve o restante fechado em pote plástico. (A massa resseca ao ar livre e tende a endurecer, por isso deve sempre ser mantida fechada, enquanto não manuseada).

2. Usar colheres medidoras para os docinhos

Para manter cada docinho no mesmo tamanho e proporção, usei colheres medidoras. 1/2 colher de sopa foi a medida usada para fazer o corpinho da matrioska.

docinhos_modelados_matrioska

A massa rendeu 64 docinhos, 16 de cada cor. Houve um pouquinho de sobra, coisa correspondente a um docinho e meio, ou seja, praticamente insignificante, considerando que foram tantas cores usadas na modelagem. Esse cuidado na pesagem é importante para evitar desperdício de material e para manter o controle de qualidade no tamanho dos seus docinhos.

docinhos_modelados_matrioskas

Modelando matrioskas

  1. Para fazer o corpinho, comece modelando uma bolinha e levemente vá achatando-a até que se transforme numa coxinha. Não tem macete, o negócio é modelar até deixar a coxinha com um aspecto que lembre o corpinho de uma matrioska
  2. Para fazer o rostinho, faça uma bolinha e achate-a
  3. Para fazer o cabelo, estire a massa colorida (preta, ruiva, loira, marrom, etc) sobre a mesa. Eu usei um cortador de biscoito em forma de coração para cortar a pontinha da massa e fixei no rostinho com a esteca, achatando levemente com os dedos.
  4. Para fazer o acabamento do rostinho, faça rolinhos com a massa e fixe ao redor do rosto, como um cachecol.

 

ATENÇÃO: Para colar as peças, não precisa usar cola de açúcar. A massa de leite ninho fica um pouco grudenta. Ela vai aderir pelo contato. Se estiver um tanto seca, umedeça suas mãos com água filtrada que a massa voltará a ficar macia e pegajosa.

Enfeite sua matrioska como desejar. Eu usei confeitos coloridos em forma de corações e flores. A Terumi usou a própria massa, em formato variados, usando cortadores de biscoito para obter esse resultado.

docinhos-matrioskas

Pra desenhar o rosto, use um palito de dente ou pincel fino umedecido no corante. Essa é a parte que acho mais difícil! Sempre borro um pouquinho nessa hora. Mas coloco as mais feinhas no fundo da bandeja e elas quase nem aparecem nas fotos.

Depois é só colocá-los em forminhas decoradas e esperar pela festa. Se for congelar, coloque os docinhos em tapetinhos de plástico, dentro de potes plásticos apropriados e leve ao freezer, por até 3 meses.

DSC00568

Dicas de congelamento já foram exaustivamente abordadas aqui no blog, mas vou repetir o essencial.

No freezer – Se você optar por congelar esses docinhos, poderá fazê-lo até três meses antes da festa. Envolva-os nas rendinhas que serão usadas nas forminhas de docinhos, para evitar que grudem uns nos outros.

Eu costumo congelá-los em depósitos plásticos rasos, ocupa pouco espaço no freezer. Depois do depósito bem cheio, esvazie o ar, fechando bem. Eu passo filme plástico por precaução, para evitar que o depósito abra acidentalmente.

ATENÇÂO: Para serem descongelados, os docinhos devem permanecer no mesmo recipiente, fechados por 3 a 4 horas, em temperatura ambiente, só então devem ser abertos, ou viram uma meleca só. Depois de descongelados, não podem ser novamente congelados!

Na geladeira – Na falta do freezer, você pode conservá-los em geladeira, mas nunca por mais de 7 dias. O importante é proteger os docinhos em potes bem fechados e mantê-los em temperatura ambiente por algumas horas, antes de servir.

As fotos dos meus docinhos prontos não ficaram muito legais. Já era noite, a cozinha estava de cabeça pra baixo; eu, morta de cansaço e dor nas costas, nem tive paciência de fazer uma produção decente para o blog. Vocês vão ter de se contentar com estas abaixo, até que cheguem as fotos da festinha e da mesa arrumada.

Docinhos de Matrioskas - Blog Feito a Mão

O importante é saber que eu mesma fiz os docinhos da festinha da minha filhota. Mesmo ausente como ando, por causa dessa fase louca no trabalho, fazer os docinhos foi uma forma de marcar minha presença e lhe fazer algo diferente, especial, único. As fotos vão registrar esse momento, mas o mais importante é que na memória dela o dia já ficou registrado. Para nós, a festa já começou!

Uma ótima semana a todos,

Claudinha

    Postado por Feito a Mão em comidinhas de festa,docinhos modelados,festa infantil,passo-a-passo | Comentários (59)
    

    59 Comentários to “Modelando docinhos de Matrioskas – Passo a passo”

    1. kathia correia disse:

      Lindo, sensacional e a idéia de congelar nao sabia se podia.

    2. Claudinha, vc é hors concours!!!!!! Traz uma surpresa a cada post, seja sobre festas, comes & bebes, viagens, maternidade etc. Seu blog é completíssimo e são justamente os temas variados que me fazem te admirar mais a cada dia. Ninguém gosta só de moda, culinária, beleza, festas etc. É a complexidade de nos interessarmos por vários assuntos e de nos assumirmos como camaleoas que nos torna mulheres de verdade, com todos os erros e acertos aos quais temos direito, mas sempre buscando dar o melhor de nós mesmas e fazendo tudo com gosto e capricho! Amiga, adorei esse PAP e já compartilhei com os amigos! Parabéns por seu talento inquestionável e pelas suas muitas facetas! Um grande beijo!

      • Feito a Mão disse:

        Katinha, vc sabe que a recíproca é verdadeira, não? Também penso isso sobre seu blog.
        Adorei seu comentário, chegou em ótima hora. Vc parece que lê pensamentos!
        Sabe que eu sempre disse aqui que vou aonde minha inspiração mandar. Sou de fases e escrevo conforme a fase em que estiver. Essa miscelânia se reflete na temática do blog e fica difícil definir ou rotulá-lo em uma categoria enlatada. Prefiro assim. Sinto-me mais livre do que se tivesse vários blogs, de assuntos específicos.
        Ninguém vive só de festas o ano todo, a não ser quem trabalha com isso, não é o meu caso.

    3. Milena disse:

      Claudinha,não sei se conseguiria,rs!Você é talentosa,independente de profissional ou não.
      Que presente bacana que começou a dar para sua filha!Daqueles que ficam na história da vida para sempre,

      bjs

      • Feito a Mão disse:

        Mi, esse o espírito da coisa. Tem uma das fotos aí em cima que aparece a mãozinha da Mariana peneirando o açúcar. Repare nas unhas com esmalte azul. Ela participou de todo o processo. Quando não tinha algo mais útil pra fazer, ia lavando os pratos, pra me ajudar, olha que fofa! A minha funcionária estava de folga, pois pediu pra trocar o feriado pelo sábado, pra emendar com o domingo. Mamá foi minha mão direita. E olha que ela também era meu controle de qualidade, ficava me avisando que uma ou outra estava feia, torta, borrada. Só vc vendo! Essa minha clientezinha é muito exigente, viu? kkkk

    4. Flavia Rosolem disse:

      Oi Claudinha, tudo bem? Estou de volta ao seu blog, oba! Li o post, que veio no melhor momento possível, e fiquei com algumas duvidas. No outro post com a receita você diz para usar açúcar refinado, e agora o de confeiteiro. Entendo a razão de usar o açúcar de confeiteiro, porém todas as marcas que eu encontrei traziam maisena nos ingredientes. Apenas o glacucar, da União, fiquei sem saber, pois não encontrei os ingredientes na embalagem. Que marca você usou?
      Outra duvida minha eh sobre os olhos. Em vez de pintar você usou bolinhas tingidas de preto? Ou pintou? Pergunto porque você havia dito em outro post que pintava os olhos depois de descongelados para não borrar.
      Desculpe te incomodar com Maia perguntas, mas acabei de chegar com minha sacola com leite de coco pra fazer a receita!
      Ah, já ia me esquecendo do mais importante. Seus doces ficaram lindo, como sempre! Parabéns! Beijos.

      • Feito a Mão disse:

        Flavinha vc não me ligou. Conseguiu fazer os docinhos? Espero que tenha recebido meu e-mail e que eu tenha cosneguido esclarecer suas dúvidas. Estava no trânsito e digitando no celular, quando o carro parava num semáforo. Desculpe a digitação truncada.
        Pense como anda corrida minha vida! Estou doida pra ver seus docinhos. Tomara que tenha dado tudo certo.

    5. oi Claudinha, ficaram lindas suas Matrioskas, valeu cada hora que vc passou fazendo! eu queria fazer algo voltado para bailarina, mas não achei nada que eu ache possível eu fazer rsrs.

      Bjs

      Gélia

    6. Dani disse:

      Oi Claudinha, tudo bem! Não sei se é mera coincidência, mas estava na net procurando uma festa em especial e vi uma no tema Matrioskas. Entrei no meu blog e vi na lista dos favoritos sua postagem e fiquei encantada com seus doces. Então, como achei bem legal a festa, compartilho com vc o link: http://casamenteiras.com.br/?s=matrioskas&x=0&y=0
      Espero que goste e que seja util! Ah, eu faço docinhos modelados também, e vou te dar uma dica que testei e deu super certo: para variar o sabor do docinho, troque o leite de coco por leite condensado. Eu misturo os ingredientes secos e depois vou colocando o leite condensado até dar o ponto. Tive que testar isso porq o marido não gosta muito de coco! rsrsrs. Bjos, Dani.

      • Feito a Mão disse:

        Dani, que festa linda! Será que a minha vai ficar bonita assim? Obrigada pela dica e pela lembrança!
        Eu ia fazer a festa nas cores vermelho, azul e amarelo. Mas depois que vi o kit digital que estou usando, bem colorido, resolvi fazer uma salada mista de cores. Agora fico na dúvida. Será que fiz bem? Vamos ver o resultado. Alegre vai ficar.

        Como eu disse pra Franci, eu já testei com leite condensado. Achei enjoativo, muito doce. Eu prefiro com o leite de coco, que tem um sabor mais suave e dá um toque especial ao docinho, mas aí gosto é gosto. As duas formas dão certo e num dos posts em que ensino a fazer a massa eu falei sobre a possibilidade de trocar o leite de coco pelo leite condensado.

    7. Renata disse:

      Claudinha, seus doces ficaram lindos como sempre!!!

    8. franci disse:

      Mais uma vez, voce arrasou nos docinhos. Acompanho o blog tem uns dois anos, mas so agora tive coragem de fazer um comentario mais por conta da duvida: estive procurando uma massa que substituisse o marzzipan e encontrei a massa de leite em pó. Encontrei não, reencontrei pois ja a tinha visto varias vezes aqui no seu blog. A receita que achei utiliza açucar impalpavel leite em pó (integral e qualquer marca) e leite condensado para dar ponto de pasta. Afinal, qual o melhor açucar para utilizar: o que tem maizensa ou o que não tem???

      • Feito a Mão disse:

        Franci, eu sempre fiz com açúcar sem maisena. Aprendi que com o outro açúcar não dá certo. NUnca tive coragem de testar pra ver se o que me disseram procede. Agora, com leite condensado eu já testei. Achei enjoativo, muito doce. Eu prefiro com o leite de coco, que tem um sabor mais suave e dá um toque especial ao docinho, mas aí vai de gosto. Se a pessoa não gosta de coco, vai sentir o gosto mesmo suave. As duas formas dão certo e num dos posts em que ensino a fazer a massa eu falei sobre a possibilidade de trocar o leite de coco pelo leite condensado.

    9. Marlene disse:

      Que lindeza, amei!
      A gente sempre aprende uma coisinha nova por aqui, viu Cláudia? Essa de fazer um modelo básico para servir de base na hora de dividir a massa é ótima (e não é nada fácil acertar, vc teve quase 100% de aproveitamento da massa!)
      Bjosss!

      • Feito a Mão disse:

        Marlene, no começo, eu sempre perdia muita massa, fui aprendendo na marra, no olhômetro, pra poder deduzir, mais ou menos, quanto vou levar de cada cor. Como vc disse, 1 1/2 docinho é quase nada perto de 1kg de massa. Fica a dica de fazer um modelo cru (sem tinta) pra nos ajudar a dividir e tingir a massa.

    10. Jubi disse:

      amei amei , não chego nem perto do q vc faz…bjs

    11. Marta disse:

      Claudinha, que coisa mais linda!!! Vc não é confeiteira ou doceira, imagina se fosse..rsss..estão tão perfeitos que nem dá vontade de comer para não estragar..jauaranas
      Beijosssssss

    12. Feito a Mão disse:

      Meninas, sobre o açúcar, fiz uma pesquisinha.

      O refinado é gênero, do qual o açúcar de confeiteiro é espécie.

      Açúcar refinado: tipo de açúcar conquistado a partir da diluição do açúcar cristal. A calda obtida passa por diversos processos até chegar ao peneiramento. A porção mais fina é separada para a obtenção do açúcar de confeiteiro e, o restante, é o açúcar refinado.

      Açúcar de confeiteiro: após o peneiramento do açúcar para a separação dos grãos que vão dar origem ao açúcar refinado e de confeiteiro, adiciona-se amido. A finalidade da junção é evitar a aglomeração dos pequenos cristais, formando assim, o açúcar de confeiteiro. A arte que recebe amido é chamada de açúcar impalpável. A parte pura, de açúcar de confeiteiro, simplesmente.Então, o açúcar de confeiteiro pode ser ou não impalpável.

      Ou seja, recomenda-se que se use o açúcar refinado, tipo confeiteiro, sem amido.

    13. Marcelle disse:

      Inspirada em seus docinhos também passei o sábado confeccionando a koopa troopa do Super Mário para festa do meu filhote que será daqui a duas semanas. Ficaram muito bons, mas confesso que quase desisti na metade, acontece que o primeiro eu fiz completo e como é uma tartaruga com o casco bem redondo na medida que fui acrescentando os detalhes ele ficou mais achatado, como uma tartaruga marinha. Daí pensando em otimizar o processo fiz todos os cascos primeiro e depois voltei finalizando os detalhes, a massa já estava mais seca e não achatou, mas não grudava os detalhes :( . Esse foi o momento em que quase larguei tudo, mas no final ficou deu certo. Vc faz um por vez inteiro ou deixa algum detalhe pro final? Obrigada bj

      • Feito a Mão disse:

        Oi, Marcele. Como eu disse, enquanto vc estiver manuseando uma parte da massa, o restante deve ser mantido fechado em potes plásticos, pra não ressecar.
        Veja na foto da modelagem do rostinho que dá pra perceber que eu faço em série. Fiz todos os corpinhos das matrioskas rosas, depois montei os rostinhos, depois os cabelinhos, os enfeites e só no fim pintei as carinhas.
        Depois fiz a mesma coisa com as verdes. Depois com as roxas e por fim com as amarelas.
        Enquanto isso, a massa com que eu não estava trabalhando, ficou fechada, protegida do ar. Assim não resseca, mas ainda endurece um pouquinho. O trabalho é pesado mesmo, não é à toa que meus braços ficam fatigados.

    14. Olá, sou fã do seu blog e deixei um selinho para você no meu:http://ilainec.blogspot.com.br/. Passe lá, conheça e brinque um pouquinho… Beijos e uma semana abençoada.

    15. Fernanda disse:

      Claudinha, eu sonho com o dia que vc faz um post revelando que está gravida de um menino, só pra ver vc fazer festas lindas num tema mais masculino!! rs Esse final de semana, coincidentemente, também modelei doces em formato de bolas de futebol pela primeira vez pra festa do meu filhote em outubro, com o note na cozinha na página do passo a passo dos docinhos modelados aberta! Pra uma primeira vez, até que os doces ficaram bonitinhos!! Mas ó, pensa na história do filho menino…se bem que o ideal seria adotar um menininho lindo de uns 6 anos, que tal? rs Brincadeira! Parabéns pela dedicação ao blog e obrigada por dividir suas artes conosco!

      • Feito a Mão disse:

        Fernanda, meu marido fez vasectomia, se seu sonho se realizar, nós teremos uma baita surpresa! kkkk
        Morri de rir com seu comentário.
        Sabe que eu adoraria ter tido um meninão, pra fazer festa de carros, de pequeno príncipe, de astronautas, de construção, de meios de transportes e todos esses temas menos óbvios que eu fico babando quando vejo por aí afora.
        Muitos dos trabalhos aqui podem ser adaptados pra qualquer tema. É só vc se deixar contaminar pelo bichinho do feito a mão.
        De qualquer forma, muito obrigada pelos elogios tão bem humorados. Bj

    16. Lilia Faria disse:

      E pelo jeito essa festinha vai ficar linda. Estou adorando ver como está ficando cada detalhe. Está simplesmente lindo de ver.
      Os docinhos modelados ficaram lindos, com certeza a festinha ficará um arraso

      Beijos

    17. Adorei seus docinhos modelados! Lindos!
      Sou apaixonada por confeitaria, mas ainda não me arrisquei nos doces modelados.
      Gostei muito do seu blog, pois me reconheci um pouco nele…rs…Acho que como você também gosto de muitas coisas e isso acabou refletindo na hora de fazer o meu blog. Não consegui abordar apenas um tema.
      Parabéns!!! Bjs
      Sou nova

      • Feito a Mão disse:

        Ana, seja muito bem-vinda! Por aqui se fala de tudo um pouco, pois como mulheres, temos nosso lado camaleoa, né? Como dizia Cecília, somos de fases. Puxe a cadeira e se aprochegue.

    18. Marlene disse:

      Cláudia, será que dá certo cobrir um bolo (pequeno) com a massa do docinho de leite ninho? (Substituindo a pasta americana) e será necessário alguma cobertura ou glacê antes de usar a massa de docinhos sobre o bolo?

    19. Vitória disse:

      Claudinha, estão lindas!! Estava num site sobre artesanato, e vi um passo-a-passo de bolsinhas de matrioskas. Fiquem bem empolgada para fazer, estava comprando o tecido, quando me lembrei que a festinha da Mari seria sobre as bonequinhas russas. Achei que poderia te ajudar de alguma forma, não sei se já te passaram o site… http://portaldeartesanato.com.br/materias/1926/estojo+de+boneca+russa. Beijos…

    20. Marcelle disse:

      Claudinha muito obrigada pela atenção! Realmente não deixei as bases no recipiente fechado enquanto modelava os complementos, acho que subestimei o tempo de preparo, mas errando também se aprende, não é? Não achei a massa tão difícil de modelar, mas deve ser por conta do castelo em biscuit que estou fazendo… rs…
      Acompanho o blog desde os preparativos para o 1º aninho do Humberto, nunca mandei fotos porque elas não costumam ficar boas, vamos ver se esse ano isso muda :)
      Um beijo e muito obrigada!

    21. Raquel disse:

      Claudinha, você sempre surpreendendo com sua criatividade. Em fevereiro minha filha faz 6 nos e desta vez vamos sair dos temas de princesa e barbie e vamos entrar no tema dinossauro (posso com isso??). E então, como boa mãe que gosta de “fazer tudo” ja estou me organizando para a festa. Vamos fazer ovos de dino entre outros, mas não tinha pensado no doce modelado de dinossauro!!! Será possível? É um pouco complicado, mas vou tentar e depois te conto. Obrigado por me inspirar, adoro seguir teu blog. Abraço.

    22. Admiro demais sua paciência e dedicação.
      Seu trabalho ficou show.
      Seu PAP e suas explicações são esclarecedoras e didáticas.
      Bjs

    23. Bianca Pires disse:

      Olá!
      Que lindo que estão ficando, deve tá dando muito trabalho mesmo, mas vai valer a pena. Vou anotar a receita e tentar fazer com a tia do meu marido, ela adora matrioskas e com certeza vai querer ajudar.
      Qualquer dúvida venho aqui. bjs

    24. Paty disse:

      Claudinha, a “cada post um flash”!
      Mulher, vc é arretada mesmo… que paciencia… que dedicação… fiquei um tempinho sem conseguir te visitar e qdo chego uma enxurrada de receitas maravilhosas e como não deveria deixar de ter esses docinhos fofos que eu ainda não tive “coragem” de tentar fazer… parabéns… vai ser uma mulher versátil assim lá não sei aonde! bjks

      • Feito a Mão disse:

        Paty, que saudades de seus comentários. Vc andou bem ocupada com a festinha, não? Já tem fotinhos? Estou doida pra ver os seu palhacinho. rsrs

    25. Daniela disse:

      Oi Claudinha!
      Estou com as mesmas dúvidas da Flávia e vou fazer umas borboletas amanhã para o aniversário da minha prima no próximo sábado.
      Pode me encaminhar o email q mandou p ela ou postar aqui como atualização?
      A dúvida dela:
      “Apenas o glacucar, da União, fiquei sem saber, pois não encontrei os ingredientes na embalagem. Que marca você usou?
      Outra duvida minha eh sobre os olhos. Em vez de pintar você usou bolinhas tingidas de preto? Ou pintou? Pergunto porque você havia dito em outro post que pintava os olhos depois de descongelados para não borrar.”

      Obrigada!

    26. Feito a Mão disse:

      Oi, Daniela, eu pus um comentário sobre os tipos de açúcar neste post.
       
      Por causa da dúvida da Flávia, fiz uma pesquisinha rápida e descobri que o açúcar refinado é gênero do qual o de confeiteiro é espécie.
       
      Vc pode usar o açúcar ultrarefinado, ou o de confeiteiro, sem problemas, só não pode ter maisena misturada nele. Observe se o açúcar é impalpável. Se for, não serve. Assim, aprendi eu.
       
      Eu realmente pintei os olhinhos dessa vez, antes de congelar. A Mariana faz aniversário no segundo turno de eleição. Como eu trabalho no TRE, todo ano de eleição, para mim é muito corrido e complicado. O que eu puder antecipar eu antecipo. É só tomar muito cuidado para deixar secar antes de encostar um no outro. Como as matrioskas era muito detalhadas, só o tempo que levei para moldá-las já foi o suficiente para que a tinta secasse.
      Me deram a dica de usar canetas de corante para pintar o rostinho. Eu até´tenho dessas canetinhas, mas nunca usei na massa. Só usava para biscoitos.
       
      Boa sorte nos seus docinhos!
       
      Cláudia

    27. Marcela disse:

      Olá!
      Em primeiro lugar quero te dar os parabéns pelo blog e pelo seu cuidado no detalhamento de cada Passo-A-Passo, sempre com fotos e dicas preciosas!
      Já fiz algumas vezes sua receita de docinhos de leite ninho, inclusive para festa infantil e todos adoraram! A massa é realmente muito boa de modelar e de comer também! rs
      Mas nunca congelei… Minha dúvida é, depois de descongelados, passadas as 4 horas fechados dentro da embalagem, quanto tempo tenho até serem servidos? Posso descongelar um dia antes da festa? A festa é em outra cidade e pretendia levá-los prontos. Viajo para lá um dia antes e não sei se faço dois dias antes, embalo e levo frescos mesmo ou se congelo… O que você acha? Qual a melhor opção para mim?
      Obrigada!
      Abç, Marcela

      • Feito a Mão disse:

        Vc pode descongelar um dia antes da festa, mas como eles são feitos com leite de coco e leite ninho, eu transportaria num isopor com gelo reciclável pra evitar que estragassem.

    28. [...] docinhos modelados foram confeccionados com bastante antecedência, como mostrei a vocês. Com os recentes blecautes, meu freezer descongelou e tornou a congelar mais de uma vez. Essa [...]

    29. Debora disse:

      Ola!
      Ficaram bem lindos!
      Duvidas:
      Vc ja fez a massa c leite condensado?
      por que nao pode usar acucar impalpavel?
      nao altera a consistencia por na geladeira?

      bjinhos

      • Feito a Mão disse:

        Já fiz com leite consensado, sim. Eu prefiro com leite de coco por causa do sabor. A consistência resseca um pouco na geladeira, por isso aconselho levar ao freezer e embalar bem.

    30. julia disse:

      nossa essas bonequimha
      de dossim e a coisa mais limda
      tao colorida e tao delicadas
      kkkkk

    31. Rose disse:

      Boa tarde!!!

      Achei incrível a forma clara que vc explica e ensina a compor cada parte do doce.

      Preciso fazer bolas de futebol…..a festa do meu filho será no tema do Flamengo….será que vc tem algo do tipo???

      Obrigada

    32. fernanda disse:

      olá vi seu trabalho é perfeito faz pouco tempo comecei a fazer docinhos modelados tenho uma festa ddia 30 fazer 132 docinhos com pasta de leite ninho quanto tempo antes posso começar a fazer 1 semana antes é muito? eu faço com leite condensado posso deixar embalados e fora da geladeira? e por quanto tempo? fica muito duro se colocar na geladeira?
      obrigada entrego agora dia 28/03/13

      • Feito a Mão disse:

        Eu os faço até com 3 meses de antecedência, Fernanda. Basta congelá-los devidamente, como recomendado no post incial da receita.

    33. rosi disse:

      BOM DIA!!
      ADOREI SUAS MATRIOSKAS !! ,PENSO EM FAZE-LAS EM PASTA AMERICANA E ACHO QUE TBM VOU RECHEA-LAS COM BEIJINHO OU BRIGADEIRO .ASSIM QUE FIZER TE FALO SE DEU CERTO E MANDO FOTOS. BJS

    34. Andiara disse:

      Menina parabéns,,, sem comentários!!

    35. Paloma disse:

      Quantas bonequinhas deu?

    36. Juliana disse:

      Claudinha,
      Acho que a palavra mais adequada para demonstrar minha reação ao ver seu site é: ESTUPEFATA com tanta lindeza!!! Sua maneira de relatar suas aventuras na cozinha, no artesanato etc dá vontade da gente sair correndo do sofá pra fazer tudinho também!!!! É a primeira vez que passo por aqui, mas já sei que vou virar fã número 1…
      O que me trouxe aqui foi justamente a vontade de aprender estes docinhos modelados pro aniversário no meu filhote, e sua maneira tão detalhada me fez acreditar que vou conseguir…rsrsr
      Parabéns pela sua generosidade em compartilhar conosco suas experiências. Muita saúde pra vc e sua família!
      Beijos

    37. ana disse:

      muito fofo….

    38. Sarah disse:

      Você teria o passo a passo do doces dos dinossauros.

    Coloque seu comentário

    Por favor, preencha os seus dados e comente abaixo.
    Nome
    Email
    Website
    Seu comentário