Jantarzinho a dois – um pouquinho de romance em meio às atribulações do dia a dia


Diz Lulu Santos que “todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite”. Acho que ele tem razão.

Não sei quanto a vocês, mas para mim, depois de quase 12 anos de casamento e duas filhas, é muito complicado encontrar tempo a sós para o casal. Não pensem que por isso eu desisto. Vez por outra, estou inventando um jeitinho para termos um momento especial, mesmo que acompanhados das meninas. Foi o que aconteceu no último sábado.

Há meses não pegávamos um cineminha adulto, nem saíamos para um jantarzinho romântico, a dois. Desde que fiquei sem a empregada que pernoitava em casa, não tenho mais com quem deixar as meninas nessas ocasiões. Não gosto de abusar de mãe e sogra, pois elas já têm as suas próprias obrigações.

Só não posso assistir impassível o casamento entrar no modo automático e deixar morrer o romance dia após dia. Sim porque, apesar do meu estresse diário, eu sou uma romântica à moda antiga.

Se Maomé não vem à montanha, a montanha vai a Maomé. Já que sair sozinhos está fora de cogitação, resolvi fazer outro jantarzinho romântico, parecido com aquele que já mostrei aqui. Novamente, as meninas participaram do evento, encarnando as garçonetes. Elas estão ficando peritas no assunto. Vestiram roupas iguais, colocaram seus aventais e até usaram bloquinhos e canetas para anotar nossos pedidos! Tudo acabou virando uma deliciosa brincadeira, literalmente falando.

Para falar a verdade, o que deu mais trabalho foi a sobremesa. Se eu a tivesse feito de véspera, teria terminado o jantar em menos de 2 horas. Como não preparei, todo o processo levou em torno de 4 horas.

Falando assim parece muito. Mas não foi, pois eu comecei do zero. Não tinha deixado nada arrumado com antecedência, como geralmente faço, pois este, ao contrário daquele outro, foi um evento improvisado. Se tivesse me programado, teria descongelado o peixe previamente, cortado legumes e verduras com antecedência, arrumado a mesa, cozinhado a macaxeira e assim não teria gasto mais de uma hora para fazer todo o jantar.

Bem, o fato é que eu estava estranhamente disposta e as quatro horas de trabalho não me pareceram nenhum sacrífico. A chuva caía com força lá fora, aqui em casa fazia um friozinho gostoso, coloquei Carla Bruni para tocar, e Mário abriu uma garrafa de Veuve Clicquot, para entrarmos no clima. Foi uma noite memorável.

Vou postar a receita de cada prato em separado, para facilitar a organização do blog e para que este não fique um post excessivamente comprido.

O cardápio foi elaborado com base nos ingredientes que eu tinha na geladeira. Havia sobrado alguns filés de sirigado e cerca de 300g de camarão, que tinham sido comprados para a semana santa.

A arrumação da mesa foi simples, porém delicada. Novamente, usei o meu centro da sala de estar, por ser mais intimista. Se não estivesse chovendo, seria uma opção magnífica usar a mesa redonda do jardim embaixo de uma árvore decorada com luzinhas de natal. Mas não foi o caso.

 

 

Usei um trilho de mesa para servir de lugar americano. No centro coloquei um pequeno vaso de cristal com ixoras vermelhas, colhidas do jardim. Para combinar com o vermelho das flores, dois porta-velas que comprei na Falabella, em Buenos Aires, juntamente com os porta-guardanapos em canutilhos. Foram uma pechincha!!! Quer for a Buenos Aires não pode deixar de conhecer essa loja.

Entrada: Casquinhas de camarão gratinado

Como entrada, servi casquinhas de camarão gratinado. São super fáceis e rápidas de fazer. Me inspirei numa entrada famosa que é servida no restaurante peruano, o Wanchako, que fica aqui em Maceió e é comandado pela Chef Simone Bert.

Posso dizer? Ficaram iguaizinhas! E esta nem foi uma das receitas que a Simone ensinou no curso de gastronomia que eu fiz ano passado, viu?

Há tempos que eu andava à procura de casquinhas de vieiras para reproduzir este prato. Até no mercado da produção eu procurei! Outro dia, passeando pela Casa Vieira, vi essas forminhas de louça em formato de casquinhas de siri. Não eram exatamente o que eu procurava, mas em compensação são mais duráveis e higiênicas. Além do que, são brancas – combinam com tudo!

Prato principal: Filé de sirigado servido em caminha de legumes refogados com creme verde de macaxeira e molho de geléia de amoras

O nome é comprido, mas é que não sou muito boa em nomear as coisas. Trata-se de filé de sirigado grelhado, montado sobre um delicioso purê de macaxeira com ervas, acompanhado de legumes refogados e banhado num discreto molho agridoce de geléia de amoras.

Este prato foi uma recompensa ao paladar. Mário ficou espantado como o hortelã casou direitinho com a macaxeira, numa combinação suavemente perfeita. Tenho de confessar que esta receita foi uma adaptação de um dos pratos que a Chef Simone Bert ensinou no curso de gastronomia, que já comentei aqui.. A receita original envolvia lulas em tubo, mas eu só encontrava lulas em anéis para vender. Como eu nem gosto tanto assim de lulas, resolvi adaptar com o sirigado, que é o meu peixe favorito. Ah, na receita original o creme de macaxeira verde levava coentro em lugar de hortelã.

Ainda nesta semana eu volto pra contar a minha versão desta receita e a original também, para quem quiser conhecer.

Sobremesa: Creme bicolor com barquinha de frutas

 

Como eu disse, foi o que deu mais trabalho, pois tive que ficar mexendo o creme branco até engrossar.

Essa receita foi invenção minha, para aproveitar os ovos que sobraram da páscoa e algumas frutas que vieram na cesta de café da manhã que Mário me deu de aniversário. Eu não sei se vocês gostam da combinação cointreau + chocolate meio amargo. Eu adoro!

As barquinhas que acomodaram as frutas e as canecas de café que serviram de taça de sobremesa também foram adquiridas na Casa Vieira há alguns meses.

Fazia tempo que eu não postava umas receitinhas por aqui, não é? Eu até vinha cozinhando ultimamente, mas nada muito especial como este jantar. Andei de dieta, e comida de dieta não se pode considerar comida de verdade, pode?. Vou tomar cuidado para não colocar todo meu esforço a perder nesse meu retorno às panelas.

Uma ótima semana a todos!

Claudinha.

    Postado por Feito a Mão em conversa fiada,culinária | Comentários (24)
    

    24 Comentários to “Jantarzinho a dois – um pouquinho de romance em meio às atribulações do dia a dia”

    1. Casa Decorada disse:

      Olá vizinha, eu estive andando pela redondeza visitando alguns amigos e passei em frente a sua casa (blog) e estava toda iluminada…entrei e me encantei com o que vi!
      Quando você tiver um tempinho, passa lá em CASA para um café e se resolver ficar, coloco meu melhor traje e venho também para ficar !
      Abraço
      Da vizinha Valéria, mas pode me chamar de Vá!

    2. Katia Bonfadini disse:

      Oi, Claudinha!!!!! Que delícia de jantar romântico em todos os sentidos! Parabéns pela disposição de "manter a chama acesa" e preparar esse mimo pra família! Concordo com vc e acho importantíssimo preservar nossos relacionamentos desse modo! As comidinhas me deram água na boca, o peixe parece sensacional e a decoração do prato é nota dez!!!!! Também amei as lanternas e o caminho de mesa! Estava tudo perfeito e achei super legal as meninas terem feito parte do jantar, brincando de garçonetes! Quando éramos pequenas, eu e minhas irmãs fazíamos a mesma coisa quando meu pai ia pra cozinha preparar seus frutos do mar nos finais de semana… que nostalgia! Um grande beijo da sua admiradora que voltou ontem de viagem e ainda está se acostumando à diferença de fuso! Que saudades de vc!

    3. Ellen - Ateliê Doce Inspiração disse:

      Claudinha que lindo. Concordo plenamente em sempre termos um dia mais romantico em meio a correria do dia a dia…e amei a idéia das garçonetes….já anotei. Deixa os pequenos crescerem mais um pouquinho rs.

      beijos
      Ellen

    4. Piell Rouse disse:

      Lindo,
      adorei!
      e o que era tudo de bom a sobremesa em!!
      beijokas
      ótima semana

    5. Aninha disse:

      Lindo… comidinha com aspecto maravilhoso.É isso ai, não podemos deixar a rotina tomar conta do nosso casamento.

      Bjs
      Boa semana

    6. FABY disse:

      MENINA EU ADOREI!!ESTOU PRECISANDO FEZER UMA COISA ASSIM PARECIDA!
      TENHO UMA BB DE 2 ANOS E ISSO TOMA TODO MEU TEMPO! E A INTIMIDADE NO CASAMENTO FOI PRAS CUCUIAS!!
      VOU ME INSPIRAR EM VC E TENTAR!
      BEIJOS

    7. FABY disse:

      MENINA EU ADOREI!!ESTOU PRECISANDO FEZER UMA COISA ASSIM PARECIDA!
      TENHO UMA BB DE 2 ANOS E ISSO TOMA TODO MEU TEMPO! E A INTIMIDADE NO CASAMENTO FOI PRAS CUCUIAS!!
      VOU ME INSPIRAR EM VC E TENTAR!
      BEIJOS

    8. hanatricia disse:

      Claudia, bom dia…

      Bom, para começar, antes de julgar uma pessoa deve-se perguntar o que acontece…
      Não sei qual foto é sua…
      Uma amiga minha (que por sinal esta no meu orkut pessoal) tinha umas fotos no orkut dela… ela tinha feito o aniversário da filha dela…
      Bom, gostei de algumas e pedi p ela p eu poderia colocar no meu orkut como mostruário…
      A única coisa que fiz foi copiar a foto e colocar no meu orkut… então se tinha LOGO ou qualquer outra coisa não foi de responsabilidade minha ser apagado…
      Te peço para me dizer qual ou quais são as fotos… que substituo, pois tudo que tenho no meu orkut ja fiz tb, só não postei fotos por não achar necessário…
      Te peço desculpas por algo que não sabia…
      e te peço que tb me peça desculpas da mesma forma como me julgou e pôs em prova minha fé e religião…
      Pois da mesma forma que vc disse que poderia tomar medidas legais tb posso… por calúnia e difamação… e vc sabe disso…
      então so te peço que me diga o que é seu no meu orkut que substituo.

      Obrigada desde já…

      Hana

    9. hanatricia disse:

      Desculpe te mandar o recado por aki, é q apertei o botão errado e perdi sua solicitação de amisade… se quiser mandar outra…
      procurei e não te achei…

    10. Penha Luzia disse:

      sua sua fã
      qdo crescer quero ser igual a vc.. não sei como acha tempo para td.. acho que estou precisado fazer um curso de organização pessoal
      pois não to dando conta de filho e marido..to precisando fazer um super agrado para o meu marido mas tenho que prucurar receitinhos pois ele ta com intolerencia alactose e as que testei ele não gostou muito..
      mas td bem
      parabéns vc é otima..bjos

    11. Marlene Casagrande disse:

      Ai que delícia Cláudia! Tudo conspirou,né? aqui na minha cidade tbem choveu e fez um friozinho gostoso esse fds, mas não tive essa idéia… rsss!
      Só faltou a foto das garçonetes!
      Bjão!!!!

    12. Coisas de mãe disse:

      Nossa Claudinha, que capricho! Eu nunca tinho ouvido falar de casquinha de camarão, mas deve ser MUITO bom! Adorei tudo. Eu tambem sou de fazer jantarzinhos caprichados e arrumar a mesa de vez enquando para dar um charme no dia a dia. Principlmente quando deixamos de ir em algum compromisso jsutamente por não ter com quem deixar as criancas. É uma boa maneira de não ficar frustrados!

      beijo e boa semana!

      Pati

    13. jo Cireli disse:

      Que lindo Amiga !

    14. AUDENI OU Dona Mocinha disse:

      Oi Claudinha, acompanho seu blog v ia e-mail, ADORO!!!

      Antes de tudo deixa te perguntar se vc. é alagoana?, eu sou, vivo desde pequena em SP, voltei de Alagoas há 2 semanas, AMO ALAGOAS!!!

      Agora falando do seu jantar, PARABÉNS, vou me inspirar em vc!!!
      Que capricho, e suas filhas devem ser maravilhosas, PARABÉNS NOVAMENTE PELA FAMÍLIA LINDA QUE TEM!!!

      Qd. puder me visite

      Audeni
      http://www.donamocinhadobrasil.blogspot.com

    15. AUDENI OU Dona Mocinha disse:

      Oi, as fotos algumas eu tirei de dentro do carro, outras em frente ao bar que almoçamos, se não me falha a memória o nome do bar é "Fim da rua", tem um peixe MARAVILHOSO!!!
      E o caldinho de maçunim então?, e é afrodisíaco, juro que é, rsrsrs
      Quase trago uma bombona com uns 5 litros para SP, rsrsrs

      Fiquei contente de encontrar uma alagoana, qd. puder me apresente outros blogs de Alagoas.

      Beijos

      Ah, estarei sempre por aqui e … por ai, espero voltar EM BREVE!!!

      Audeni

    16. www.cha-com-biscuit.blogspot.com disse:

      Oi Cláudinha que lindo o que tu fez, além de mimar o maridinho e colocar a vida amorosa em dia, não esqueceu das meninas e fez com que elas entrassem na luta contra a rotina, além de você estar plantando nelas uma semente que com certeza dará bons frutos, lutar pelo que se quer e regar os dias com muito amor, não deixando descupas atrapalhar os planos de felicidade e não colocar a culpa no tempo e nem em filhos, mães e sogra, tu arregaçou as mangas e tudo deu certinho, por que tua vontade era real e no final todos ganharam. Tenha certeza que fostes um exemplo para todos nós, e vai servir sim de inspiração. Você está de parabéns, nota 1000. O amor vence qualquer obstáculo.
      abraços.

    17. Ana Carla Benet disse:

      Aff … aqui completaremos 13 anos de casamento em dezembro. Tenho uma filha de 5 anos. Sei como é difícil conversar a sós, sair, namorar, etc.

      Aqui faço esses jantares românticos SEMPRE.

      Colocamos a pequena para dormir, ponho a mesa, bebida já no gelo, comida no ponto. Aí é só tomar um banho e me preparar para jantar, tomar um vinho, conversar e … namorar! kkk

      Amei os detalhes de seu jantar.

      Bjo

    18. Re disse:

      Que ideia maravilhosa!
      As meninas devem ter se divertido…
      Parabéns, o jantar estava lindo, vou esperar as receitas!
      Beijinhos,
      Re

    19. fabiffer disse:

      Mulher, to de queixo caido com a sua disposição. Mas confesso, que na verdade topo umas paradas dessas e amo de paixão preparar coisas inusitadas, só não sou tão boa assim na cozinha e nem tão chique. Também acho o máximo envolver as meninas e sempre fiz isso, mas é que como tenho uma de 5 e uma de 2 ainda tá complicado, mas falta só um bocadinho e logo logo Ninoca vai estar na farra. Se bem que fazemos uma, mas com mais cuidado.
      beijos e parabens

    20. Bird disse:

      Jantarzinho chique!!!! Deve ter ficado muito bom!!!! :)

      Bjocas

    21. Marta disse:

      Adorei a mesa, as comidas e ainda mais as meninas de garçonete… adoro fazer essas coisas em casa tb…
      Beijos

    22. Feito a Mão disse:

      Meninas, deixa eu esclarecer um negócio: nem todo dia é santo aqui aqui em casa, viu? Eu também trabalho muito e me sinto morta de cansada quase todos os dias para fazer algo dessa espécie. Aqui não somos a família-Doriana, tá? Só que de vez em quando, quando me sinto mais disposta, mais alegre por algum motivo, gosto de comemorar as coisas mais simples da vida. Não precisa ser uma data especial. Até prefiro as comemorações mais espontâneas porque são desprovidas de expectativas.

      Acho importante manter a chama acesa. Casei no religioso, mas não acredito que nosso vínculo seja indissolúvel apenas porque firmado diante de Deus. Ao contrário, justamente por acreditar na fragilidade do casamento é que me esforço para demonstrar que apesar da correria, do dia a dia agitado, do papel de mãe que consome quase as 24h do dia, das contas a pagar, das pendências com a administração da casa, etc, continuo admirando e amando a pessoa que enfrenta tudo isso ao meu lado e valorizando sua companhia. Acho que isso é o que conta.

      Eu demonstro com comidinhas, porque é algo que acho que sei fazer bem, mas não precisa de glamour pra demonstrar o quanto a gente ama quem está ao nosso lado. Um bilhetinho, um torpedo no meio do expediente, um cineminha de vez em quando, um cheirinho no cangote, um beijinho com gosto de feijão… enfim, o que não dá é deixar a rotina matar a intimidade do casal e deixar que ela nos transforme em colegas ou parceiros de despesas e problemas. Estar casado tem um lado divertido. É preciso abusar desse lado, para não focar apenas nas obrigações. É assim que penso.

      Ah, as meninas só brincaram de garçonetes, não comeram nada, porque não quiseram experimentar. Para elas eu fiz um "menu kids" que foi servido antes, na mesa da cozinha.

      Bjs

    23. Simone Scharamm disse:

      Amiga, nem me fale em jantar romântico,rs, tá difícil por aqui! Filha e mãe estiveram doentes, fiquei num estresse só!
      Realmente é preciso achar um tempinho para isso! foi uma ótima ideia a sua de envolver as meninas no processo! Elas adoraram, né?
      Amei o cardápio! Adoro peixe e siri!
      Deu água na boca!
      A apresentação estava belíssima!
      Beijos!

    Coloque seu comentário

    Por favor, preencha os seus dados e comente abaixo.
    Nome
    Email
    Website
    Seu comentário